Pular para o conteúdo principal

UMA CRIANÇA É ESTUPRADA A CADA OITO MINUTOS NO PAÍS. PESQUISA REVELA QUE EM 86% DOS CASOS O ESTUPRADOR É UM FAMILIAR

 


No Brasil, a violência sexual contra mulheres atingiu proporções alarmantes, revela o relatório “Violência contra meninas e mulheres no 1º semestre de 2023”, divulgado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública. A cada oito minutos, uma mulher é estuprada no país, sendo que 74,5% dessas vítimas são consideradas vulneráveis por serem menores de 14 anos ou possuírem enfermidade, deficiência mental ou outras condições que impossibilitam o consentimento.

Os dados são ainda mais perturbadores quando se considera que essas estatísticas representam apenas os casos registrados oficialmente. Segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), apenas 8,5% dos estupros que ocorrem no Brasil são reportados à polícia, o que sugere uma alta subnotificação desses crimes.

No primeiro semestre deste ano, foram registrados 34 mil casos de estupro de meninas e mulheres, um aumento de 14,9% em relação ao mesmo período do ano anterior. No entanto, estimativas indicam que esse número pode chegar próximo a 425 mil casos, considerando a subnotificação.

O crescimento da violência sexual afeta todas as regiões do país. O Sul registrou a maior variação, com um aumento de 32,4%, seguido pelo Norte (25%) e Nordeste (13,2%). O Sudeste apresentou a menor taxa de crescimento, com 4,8%.

O perfil das principais vítimas de estupro revela uma realidade angustiante. A maioria das vítimas são meninas de 0 a 13 anos (61%), sendo que metade delas são negras (56%). Além disso, a casa é o local mais comum onde ocorrem os abusos, representando 68% dos casos.

Quanto aos agressores, em 86% dos crimes envolvendo crianças de 0 a 13 anos, os responsáveis são conhecidos e familiares, como avôs, padrastos e tios. Já entre as vítimas com mais de 14 anos, 77,2% dos agressores são pessoas conhecidas e 24,3% foram estupradas por parceiros ou ex-parceiros íntimos.

Além do estupro, o feminicídio também está em ascensão no Brasil. No primeiro semestre deste ano, 722 mulheres foram assassinadas, representando um aumento de 2,6% em comparação ao mesmo período do ano anterior.

Com esses dados alarmantes, a ministra das Mulheres, Cida Gonçalves, expressou sua indignação e destacou que essas estatísticas representam vidas interrompidas pela misoginia presente em nosso país.

Blog Gutemberg Cardoso

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ADOLESCENTE É BALEADA COM TIRO NA CABEÇA NO MUNICÍPIO DE JUCURUTU (RN) E SEU ESTADO É GRAVISSÍMO

Uma adolescente de 17 anos foi baleada com um tiro na cabeça, no final da tarde desta quinta-feira (02), em Jucurutu. A adolescente, foi socorrida e encaminhada ao Hospital Maternidade Terezinha Lula de Queiroz, no municpio de Jucurutu. Seu estado de saúde é gravissímo. A Polícia Militar prendeu o suspeito pelo crime. Segundo informações da Polícia o homem tentou matar uma outra pessoa, conhecida por "Jó do Ouro" mas os tiros acertaram a adolescente. Adolescente estava no local acompanhada da mãe, quando o homem conhecido como  por "Flavino da Internet", chegou ao local e atirou em direção de "Jó" e acertou na cabeça da jovem.

CAICÓ: MOTOTAXISTAS SE ARTICULAM PARA REALIZAÇÃO DE PROTESTO

Segundo informações chegadas ao blog, um grupo de moto taxistas de Caicó, está se articulando para realizarem um protesto contra as novas normas para multas que vão ser aplicadas em Caicó. Segundo o que colhemos de informações, o protesto não será contra o excesso de velocidade. “Somos de acordo estabelecer um limite de velocidade. Agora o que foi dito sobre o que as câmeras de monitoramento vão filmar, que nem sacola podemos carregar?  Isso vai nos prejudicar, a maioria dos mototáxi são pais de família, que vão ser prejudicados”.  Disse um dos articuladores do movimento. Perguntamos sobre o dia e horário deste protesto, mas, fomos informados que eles ainda estão se organizando.   De Roberto Flávio

SEXO, DROGAS E MUITO AMOR. VÍDEO DE SOGRA DE PREFEITO DE CAMPINA GRANDE PROVOCA "FRISSON" NA PARAÍBA

Um vídeo onde a sogra do prefeito de Campina Grande, Soraya Brito, aparece em um motel cheirando cocaína explodiu como uma bomba na Paraíba essa manhã. Soraya Brito é a mãe de Juliana Cunha Lima, casada com o prefeito Bruno Cunha Lima (Solidariedade). Bruno Cunha Lima é sobrinho do ex-governador Cássio Cunha Lima, que foi um dos líderes nacionais do PSDB. O ex-senador vai lançar seu filho, o deputado Pedro Cunha Lima (PSDB), como candidato ao governo do Estado. A gravação está sendo muito comentada nas redes sociais, e a hashtag #fofocadecampina é uma das mais citadas na região. Ninguém sabe a autoria do vídeo.