Pular para o conteúdo principal

DEPUTADOS AMEAÇAM IR A JUSTIÇA, CASO GOVERNO FÁTIMA NÃO PAGUE EMENDAS ATÉ SEXTA-FEIRA

 


O vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputado Tomba Farias (PSDB), anunciou que os deputados de oposição vão entrar na justiça contra o governo Fátima Bezerra (PT), caso a administração estadual não pague até a próxima sexta-feira, 17, as emendas parlamentares que o próprio governo se comprometeu a pagar até o dia 30 de outubro e não o fez. Tomba enfatizou que a Assembleia Legislativa não pode continuar a ficar “de cócoras” para o governo estadual.

Em sua explanação no Plenário do Legislativo potiguar, o parlamentar voltou a expor que o governo do estado não cumpre o que promete e acerta com os deputados. Tomba enfatizou que o pagamento de emendas parlamentares destinadas aos municípios é um direito líquido e certo que não vem sendo cumprido.

“Foi feito um acordo com os deputados, com a oposição e com o presidente da Assembleia, que avalizou esse acordo, que seriam pagas as emendas dos deputados, durante esse ano no valor de 3,5 milhões. No entanto, foi pago apenas uma parcela de R$ 300 mil, uma de R$ 500 mil em maio, uma de R$ 1milhão, totalizando R$ 1,8 milhão. Resta R$ 600 mil que seria pago até o dia 30 de outubro e até hoje, 14 de novembro, o pagamento não aconteceu”, enfatizou.

Tomba criticou a postura da Assembleia Legislativa. “O governo do Estado não representa essa Casa, que é plural, porém independente. Essa Casa não pode ficar ‘de cócoras’ para o governo e deixá-lo fazer aquilo que quer. Essas emendas são dos municípios, que atravessam momentos de sérias dificuldades”, ressaltou.

Para Tomba, a governadora Fátima Bezerra enfrenta dificuldades com a Assembleia Legislativa por que não cumpre a palavra e os compromissos assumidos. “Essa Casa não está se dando ao respeito”, finaliza.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ADOLESCENTE É BALEADA COM TIRO NA CABEÇA NO MUNICÍPIO DE JUCURUTU (RN) E SEU ESTADO É GRAVISSÍMO

Uma adolescente de 17 anos foi baleada com um tiro na cabeça, no final da tarde desta quinta-feira (02), em Jucurutu. A adolescente, foi socorrida e encaminhada ao Hospital Maternidade Terezinha Lula de Queiroz, no municpio de Jucurutu. Seu estado de saúde é gravissímo. A Polícia Militar prendeu o suspeito pelo crime. Segundo informações da Polícia o homem tentou matar uma outra pessoa, conhecida por "Jó do Ouro" mas os tiros acertaram a adolescente. Adolescente estava no local acompanhada da mãe, quando o homem conhecido como  por "Flavino da Internet", chegou ao local e atirou em direção de "Jó" e acertou na cabeça da jovem.

SEXO, DROGAS E MUITO AMOR. VÍDEO DE SOGRA DE PREFEITO DE CAMPINA GRANDE PROVOCA "FRISSON" NA PARAÍBA

Um vídeo onde a sogra do prefeito de Campina Grande, Soraya Brito, aparece em um motel cheirando cocaína explodiu como uma bomba na Paraíba essa manhã. Soraya Brito é a mãe de Juliana Cunha Lima, casada com o prefeito Bruno Cunha Lima (Solidariedade). Bruno Cunha Lima é sobrinho do ex-governador Cássio Cunha Lima, que foi um dos líderes nacionais do PSDB. O ex-senador vai lançar seu filho, o deputado Pedro Cunha Lima (PSDB), como candidato ao governo do Estado. A gravação está sendo muito comentada nas redes sociais, e a hashtag #fofocadecampina é uma das mais citadas na região. Ninguém sabe a autoria do vídeo.

CAICOENSE É ENCONTRADA SEM VIDA DENTRO DE UM CARRO EM NATAL

A caicoense  Milena Azevedo de Sena Alves, 32 anos, foi achada sem vida dentro de um carro próximo à ponte Newton Navarro, em Natal. Corpo foi removido pelo Itep. A família ainda não esclareceu o que pode ter acontecido com Milena, dada como desaparecida pelos familiares horas antes de seu corpo ter sido localizado. Nas redes sociais uma mensagem com despedida a Milena circula desde as primeiras horas desta terça-feira, 02 de janeiro de 2024. Sepultamento será em Natal. MENSAGEM Infelizmente temos uma notícia muito triste para nós Caicoenses. Milena, que estava desaparecida, foi encontrada sem vida dentro de um veículo próximo à ponte Newton Navarro. Os familiares foram reconhecer o corpo no Itep. Ela era filha de Conceição Azevedo e Dircineu Sena. Conceição foi funcionária do Banco do Brasil de Caicó e Dircineu da CAERN.