Pular para o conteúdo principal

REVIRAVOLTA: POLÍCIA IDENTIFICA PALMERENSE QUE ATIROU GARRAFA DURANTE BRIGA QUE TERMINOU COM TORCEDORA MORTA

 


A Polícia Civil de São Paulo afirmou, nesta quarta-feira (19), que identificou um torcedor do Palmeiras que arremessou uma garrafa durante a confusão que terminou com a morte de Gabriela Anelli, de 23 anos.

Segundo a diretora do DHPP (Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa), Ivalda Aleixo, os investigadores têm três suspeitos e agora tentam descobrir qual garrafa gerou o estilhaço que atingiu o pescoço da torcedora palmeirense.

Conforme informou o portal R7, a Polícia Civil analisou imagens da briga em frente ao Allianz Parque, no 8, e descartou a participação de diversas pessoas na morte de Gabriela. Segundo Aleixo, investigadores paulistas podem ir ao Rio de Janeiro para ouvir integrantes de organizada do Flamengo.

No sábado (15), agentes da DHPP realizaram uma reconstituição do caso nas imediações do estádio do Palmeiras com o objetivo de esclarecer as informações passadas à polícia por testemunhas, bem como entender o local exato de onde a garrafa foi jogada.

Reviravoltas do caso

Um torcedor do Flamengo, que saiu do Rio de Janeiro para assistir ao jogo em São Paulo, foi preso horas depois do incidente. No dia 12, o MPSP (Ministério Público de São Paulo) pediu a soltura do rubro-negro, que deixou o centro de detenção provisória horas depois.

A atuação do delegado César Saad, da Drade (Delegacia de Polícia de Repressão aos Delitos de Intolerância Esportiva), foi questionada pelo MPSP e pelo TJSP (Tribunal de Justiça de São Paulo). As instituições entenderam que a ação do investigador foi "precipitada" ao prender o torcedor do Flamengo.

A juíza Marcela Raia de Sant'Anna classificou como "lamentável" a postura de Saad e afirmou que ele "se mostrou açodado e despreparado para conduzir as investigações".

O promotor Rogério Leão Zagallo solicitou a transferência da investigação da Drade para o DHPP para que as diligências seguissem "longe de sucumbirem ao doce sabor da vaidade massageada pela fama, ainda que momentânea".

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ADOLESCENTE É BALEADA COM TIRO NA CABEÇA NO MUNICÍPIO DE JUCURUTU (RN) E SEU ESTADO É GRAVISSÍMO

Uma adolescente de 17 anos foi baleada com um tiro na cabeça, no final da tarde desta quinta-feira (02), em Jucurutu. A adolescente, foi socorrida e encaminhada ao Hospital Maternidade Terezinha Lula de Queiroz, no municpio de Jucurutu. Seu estado de saúde é gravissímo. A Polícia Militar prendeu o suspeito pelo crime. Segundo informações da Polícia o homem tentou matar uma outra pessoa, conhecida por "Jó do Ouro" mas os tiros acertaram a adolescente. Adolescente estava no local acompanhada da mãe, quando o homem conhecido como  por "Flavino da Internet", chegou ao local e atirou em direção de "Jó" e acertou na cabeça da jovem.

CAICÓ: MOTOTAXISTAS SE ARTICULAM PARA REALIZAÇÃO DE PROTESTO

Segundo informações chegadas ao blog, um grupo de moto taxistas de Caicó, está se articulando para realizarem um protesto contra as novas normas para multas que vão ser aplicadas em Caicó. Segundo o que colhemos de informações, o protesto não será contra o excesso de velocidade. “Somos de acordo estabelecer um limite de velocidade. Agora o que foi dito sobre o que as câmeras de monitoramento vão filmar, que nem sacola podemos carregar?  Isso vai nos prejudicar, a maioria dos mototáxi são pais de família, que vão ser prejudicados”.  Disse um dos articuladores do movimento. Perguntamos sobre o dia e horário deste protesto, mas, fomos informados que eles ainda estão se organizando.   De Roberto Flávio

SEXO, DROGAS E MUITO AMOR. VÍDEO DE SOGRA DE PREFEITO DE CAMPINA GRANDE PROVOCA "FRISSON" NA PARAÍBA

Um vídeo onde a sogra do prefeito de Campina Grande, Soraya Brito, aparece em um motel cheirando cocaína explodiu como uma bomba na Paraíba essa manhã. Soraya Brito é a mãe de Juliana Cunha Lima, casada com o prefeito Bruno Cunha Lima (Solidariedade). Bruno Cunha Lima é sobrinho do ex-governador Cássio Cunha Lima, que foi um dos líderes nacionais do PSDB. O ex-senador vai lançar seu filho, o deputado Pedro Cunha Lima (PSDB), como candidato ao governo do Estado. A gravação está sendo muito comentada nas redes sociais, e a hashtag #fofocadecampina é uma das mais citadas na região. Ninguém sabe a autoria do vídeo.