Pular para o conteúdo principal

PREFEITO ÁLVARO DIAS ASSINA ORDEM DE SERVIÇO PARA REFORMA DO TEATRO SANDOVAL WANDERLEY

 


O histórico Teatro Municipal Sandoval Wanderley, conhecido também como o Teatrinho do Povo, localizado no bairro do Alecrim, passará por uma recuperação total de sua estrutura, que o tornará um teatro moderno e multiuso dentro em breve. A ordem de serviço para o início das obras foi assinada pelo prefeito Álvaro Dias, na manhã desta quinta-feira (13), no Salão Nobre do Palácio Felipe Camarão. O investimento do poder executivo é de quase R$ 6 milhões. A previsão da reforma é de 6 a 10 meses.

O novo Teatro Sandoval Wanderley receberá moderna fachada, nova recepção, sala de leitura, espaço multiuso, sala de reunião, cafeteria, painéis acústicos, nuvens acústicas, bancos nas janelas, saídas integradas, área de convivência, acesso à Escola Estadual João Tibúrcio, Foyer, camarins, espaços cênicos e teatro retrátil. O projeto foi elaborado entre as Secretarias de Cultura (Secult-Funcarte), Planejamento (Sempla), Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) e Mobilidade Urbana (STTU), por meio de um Comitê Técnico de Acompanhamento dos Projetos, que vem trabalhando desde novembro de 2020.

“A obra é muito importante e necessária. O teatro é antigo e está deteriorado e fechado desde 2009, e nós atendendo ao apelo da classe artística, que queria a recuperação e a modernização do teatro, assinamos hoje a ordem de serviço para o início das obras. Entendemos que a obra é prioritária para a cidade Natal, para a arte e para a cultura da capital e do Estado”, ressaltou Álvaro Dias.

De acordo com o prefeito, a gestão está em entendimento com o Bradesco para que a área externa da instituição bancária possa ser utilizada como estacionamento pelos frequentadores do teatro. Outras medidas estão sendo analisadas pela Semsur e STTU, no sentido de facilitar o acesso, o trânsito e o tráfego no local. “A obra vai devolver o Sandoval Wandereley ao bairro do Alecrim e à cidade do Natal”, ilustrou.

Diante de seu valor histórico-patrimonial e de sua importância para o comércio da cidade, a Prefeitura do Natal vem trabalhando há mais de dois anos para a elaboração dos projetos básicos e executivos com base na concepção de um anteprojeto doado pela arquiteta Débora Dantas. A partir desse princípio, o projeto foi discutido tanto com a classe artística quanto internamente no município.

Para o secretário municipal de Cultura, Dácio Galvão, o equipamento é de suma importância para a comunidade artística de Natal, uma vez que abrigará eventos culturais e artísticos da cidade, valorizando a cultura e oferecendo mais uma opção de lazer aos natalenses. “O Sandoval Wanderley tem uma relação fortíssima com a cidade. Pelo teatro passaram grandes expoentes das artes cênicas, como o diretor José Celso Martinez Corrêa, o Grupo Galpão, o potiguar Jesiel Figueiredo; e da música brasileira, nas figuras de Miúcha, Martinália, Cida Moreira, como também espetáculos de dança e apresentações folclóricas. O prefeito Álvaro Dias trouxe para si o projeto e formou um Comitê Técnico de Acompanhamento dos Projetos, que discutiu as demandas democraticamente. É um momento de graça”, comemorou Galvão.

No entendimento do produtor cultural, Arlindo Bezerra, na ocasião representando a classe artística, o segmento necessita da volta do Sandoval Wanderley para apresentar os trabalhos. “Ter o Sandoval Wanderley de volta é sinônimo de efervescência da produção cultural para a cidade. Nós sentimos muita falta do espaço e o queremos de volta para ocupá-lo com teatro, cinema, música e dança. Precisamos também retomar a formação de público, porque a casa faz muito tempo que está fechada, e no imaginário de muita gente ela passa a não existir. Então, a gente vai precisar fazer uma formação de platéia e trazer a população para que possa vir ao teatro e fazer dele a sua casa”, assinalou o produtor.

O Teatro Sandoval Wanderley foi construído em 1959. Sua história é marcada pelo fato de sempre ter sido um teatro popular. Sem funcionar desde 2009, recebeu antes, ao longo dos anos, apenas algumas reformas e melhorias. Agora, o novo Teatro Sandoval Wanderley será um equipamento moderno e multiuso.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SEXO, DROGAS E MUITO AMOR. VÍDEO DE SOGRA DE PREFEITO DE CAMPINA GRANDE PROVOCA "FRISSON" NA PARAÍBA

Um vídeo onde a sogra do prefeito de Campina Grande, Soraya Brito, aparece em um motel cheirando cocaína explodiu como uma bomba na Paraíba essa manhã. Soraya Brito é a mãe de Juliana Cunha Lima, casada com o prefeito Bruno Cunha Lima (Solidariedade). Bruno Cunha Lima é sobrinho do ex-governador Cássio Cunha Lima, que foi um dos líderes nacionais do PSDB. O ex-senador vai lançar seu filho, o deputado Pedro Cunha Lima (PSDB), como candidato ao governo do Estado. A gravação está sendo muito comentada nas redes sociais, e a hashtag #fofocadecampina é uma das mais citadas na região. Ninguém sabe a autoria do vídeo.

JUSTIÇA ELEITORAL FISCALIZA CLINICA EM CAICÓ POR SUSPEITA DE COMPRA DE VOTOS; 11 PESSOAS FORAM CONDUZIDAS A DELEGACIA

A Justiça eleitoral realizou nesta segunda-feira(02) uma operação de fiscalização contra supostos crimes eleitorais em uma clinica médica e odontológica localizada na rua Tonheca Dantas nas proximidades da Central do Cidadão no bairro Penedo em Caicó.  Os funcionários da justiça eleitoral receberam denuncias de que a clinica estaria funcionando no domingo a noite e poderia está acontecendo favorecimento politico, mais como não conseguiram fazer a fiscalização naquele momento realizaram na manhã de segunda-feira, feriado de finados.  Ao chegar no local foi constatado a clinica em funcionamento com movimentação de pacientes e ao entrar pediram explicações e foram informados que aproveitaram o feriado para fazer moldagem para posteriormente ser realizado o orçamento do trabalho.  Os servidores da justiça solicitaram apoio da Policia Militar e conduziram até a delegacia para averiguação e prestar depoimentos três pessoas que trabalham na clinica e 8 pacientes que estavam presentes no local

CERVEJA EM FALTA...

Às vésperas das festas de fim de ano, o nível de ruptura da cerveja – índice que monitora a falta de produtos em supermercados brasileiros –, segue em alta. Em novembro, atingiu 19,45%, frente aos 10% registrados no mesmo mês de 2019.  O índice começou a subir em março, no início da quarentena. Nos últimos meses foram registrados 17,64% de ruptura, em setembro, e 18,92% em outubro.  O monitoramento acompanha os dados de 40 mil varejistas no Brasil e é feito pela Neogrid, especializada na sincronização da cadeia de suprimentos.  A falta de cervejas nas prateleiras se deve, principalmente, às dificuldades que as empresas enfrentam para comprar embalagens, como vidro para as garrafas e latas. Apesar do alto índice de ruptura, não há, por ora, risco de desabastecimento do produto.