Pular para o conteúdo principal

SINDICALISTA CONHECIDO COMO "JOÃO DE DEUS", POR ASSEDIAR MULHERES, É DEMETIDO EM NATAL APÓS DAR TAPA EM BUNDA DE COLEGA

 


(Imagem ilustrativa) — Pinterest/Reprodução

O funcionário de uma concessionária de veículos de Natal foi demitido por justa causa por se aproximar de uma colega de trabalho, dar um tapa nas nádegas dela e fazer um elogio considerado impróprio contra a trabalhadora. A ação foi flagrada por câmeras de segurança do estabelecimento.

A demissão, por justa causa, foi confirmada na última sexta-feira (18) pela Justiça do Trabalho. O caso foi parar nos tribunais porque, além de funcionário da concessionária, o homem é dirigente sindical – o que lhe dá estabilidade no emprego, exceto por faltas graves.

O homem, que terá a identidade preservada nesta reportagem, era conhecido no local de trabalho por “João de Deus”. Segundo pessoas que trabalhavam com ele, o funcionário tinha este apelido porque assediava colegas de trabalho – com toques, massagens nas mãos, perguntas impróprias (como questionar se é solteira) e elogios ao corpo das mulheres.

Segundo o relato de testemunhas à Justiça, não foi a primeira vez que o homem assediou colegas de trabalho. A mulher que levou o tapa nas nádegas já havia, inclusive, reclamado dos comentários feitos pelo homem pessoalmente e nas redes sociais.

Uma funcionária da loja chegou a relatar em depoimento que, quando a mulher chegou para trabalhar na loja, foi abordada por “João de Deus”, que sugeriu a ela abrir uma conta no site Only Fans – plataforma onde homens e mulheres publicam fotos e vídeos íntimos em troca de dinheiro.

O estopim foi o dia em que ele se aproximou, deu um tapa nas suas nádegas dela e falou: “calça nova!”. A mulher estava ajeitando a roupa quando foi assediada. Neste momento, a mulher procurou a direção da concessionária, que abriu um procedimento para apurar o fato e identificou que câmeras flagraram o momento da má conduta.

À Justiça, o homem justificou que tocou “apenas” no quadril da mulher, “sem malícia ou cunho sexual”. Ele reconheceu que fez uma “brincadeira, talvez de ‘mal gosto’ ou ‘mal educado’, mas nunca com conotação sexual ou assediador”.

Testemunhas arroladas por ele minimizaram as brincadeiras, mas disseram que o homem tinha o costume de “massagear” colegas de trabalho. Sobre “João de Deus”, essas testemunhas disseram que o apelido foi aplicado porque o homem tinha semelhança com o médium, condenado por abusar sexualmente de fiéis.

98 FM 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ADOLESCENTE É BALEADA COM TIRO NA CABEÇA NO MUNICÍPIO DE JUCURUTU (RN) E SEU ESTADO É GRAVISSÍMO

Uma adolescente de 17 anos foi baleada com um tiro na cabeça, no final da tarde desta quinta-feira (02), em Jucurutu. A adolescente, foi socorrida e encaminhada ao Hospital Maternidade Terezinha Lula de Queiroz, no municpio de Jucurutu. Seu estado de saúde é gravissímo. A Polícia Militar prendeu o suspeito pelo crime. Segundo informações da Polícia o homem tentou matar uma outra pessoa, conhecida por "Jó do Ouro" mas os tiros acertaram a adolescente. Adolescente estava no local acompanhada da mãe, quando o homem conhecido como  por "Flavino da Internet", chegou ao local e atirou em direção de "Jó" e acertou na cabeça da jovem.

SEXO, DROGAS E MUITO AMOR. VÍDEO DE SOGRA DE PREFEITO DE CAMPINA GRANDE PROVOCA "FRISSON" NA PARAÍBA

Um vídeo onde a sogra do prefeito de Campina Grande, Soraya Brito, aparece em um motel cheirando cocaína explodiu como uma bomba na Paraíba essa manhã. Soraya Brito é a mãe de Juliana Cunha Lima, casada com o prefeito Bruno Cunha Lima (Solidariedade). Bruno Cunha Lima é sobrinho do ex-governador Cássio Cunha Lima, que foi um dos líderes nacionais do PSDB. O ex-senador vai lançar seu filho, o deputado Pedro Cunha Lima (PSDB), como candidato ao governo do Estado. A gravação está sendo muito comentada nas redes sociais, e a hashtag #fofocadecampina é uma das mais citadas na região. Ninguém sabe a autoria do vídeo.

CAICOENSE É ENCONTRADA SEM VIDA DENTRO DE UM CARRO EM NATAL

A caicoense  Milena Azevedo de Sena Alves, 32 anos, foi achada sem vida dentro de um carro próximo à ponte Newton Navarro, em Natal. Corpo foi removido pelo Itep. A família ainda não esclareceu o que pode ter acontecido com Milena, dada como desaparecida pelos familiares horas antes de seu corpo ter sido localizado. Nas redes sociais uma mensagem com despedida a Milena circula desde as primeiras horas desta terça-feira, 02 de janeiro de 2024. Sepultamento será em Natal. MENSAGEM Infelizmente temos uma notícia muito triste para nós Caicoenses. Milena, que estava desaparecida, foi encontrada sem vida dentro de um veículo próximo à ponte Newton Navarro. Os familiares foram reconhecer o corpo no Itep. Ela era filha de Conceição Azevedo e Dircineu Sena. Conceição foi funcionária do Banco do Brasil de Caicó e Dircineu da CAERN.