Pular para o conteúdo principal

CONTADORA É AGREDIDA E PRESA APÓS QUESTIONAR VIOLÊNCIA EM ABORDAGEM POLICIIAL

 

FOTO: REPRODUÇÃO

Uma mulher foi agredida e presa por policias civis em Aracaju (SE) na madrugada desta segunda-feira, 7, após reclamar de uma abordagem que acontecia na mesma lanchonete em que ela estava.

A vítima que prefere não se identificar afirmou que um policial chegou e começou a falar com um rapaz. “Ele estava gritando muito e dizia ‘você cuidado, se ligue que estou de olho em você. Diga a **** que também estou de olho nele’. Uma moça se incomodou, se apresentou como advogada e reclamou da abordagem”, disse a denunciante ao site FanF1.

“Achamos uma estupidez a forma que o militar estava falando com a mulher. Ele foi muito ignorante. Ele nos intimidou e eu disse que também tinha parente policial. Policial deveria ter um pouco mais de consideração, ele se irritou, ele não estava bem, e disse ‘quer filmar? Então vou filmar vocês também’”, relata.

De acordo com uma amiga, a contadora questionou ao policial o fato de ser filmada e foi agredida e presa. “Ele falou: ‘ela também’. Ele foi em cima dela e deu um murro, começou a socar ela, ela caiu no chão. Ele bateu muito, foi muita violência. Ela ficou sem roupa. Ele algemou ela e muita gente filmou. Eu fiquei travada, sem conseguir me mexer. Foi nesse momento que outro policial veio com um revólver na mão me intimidar e dizia ‘filme agora’”, conta.

A mulher foi encaminhada para a Central de Flagrantes, na Zona Norte. “Meu medo era que eles fizessem mal a ela. Pedi para fazer um boletim de ocorrência, mas não deixaram. Nunca senti tanta humilhação. Jogaram ela num camburão como uma bandida. A mulher foi liberada horas depois. Fomos ao Nestor Piva, mas o médico não quis fazer o corpo de delito, sem uma ordem judicial”, disse.

“Queremos Justiça, isso não existe, somos mulheres e na semana da mulher passarmos por isso. É grave. Houve falta de respeito, são muito grosseiros, não respeitam mulher. Não conseguimos nos defender”, continuou.

Veja o vídeo:


Com informações da Fórum


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ADOLESCENTE É BALEADA COM TIRO NA CABEÇA NO MUNICÍPIO DE JUCURUTU (RN) E SEU ESTADO É GRAVISSÍMO

Uma adolescente de 17 anos foi baleada com um tiro na cabeça, no final da tarde desta quinta-feira (02), em Jucurutu. A adolescente, foi socorrida e encaminhada ao Hospital Maternidade Terezinha Lula de Queiroz, no municpio de Jucurutu. Seu estado de saúde é gravissímo. A Polícia Militar prendeu o suspeito pelo crime. Segundo informações da Polícia o homem tentou matar uma outra pessoa, conhecida por "Jó do Ouro" mas os tiros acertaram a adolescente. Adolescente estava no local acompanhada da mãe, quando o homem conhecido como  por "Flavino da Internet", chegou ao local e atirou em direção de "Jó" e acertou na cabeça da jovem.

SEXO, DROGAS E MUITO AMOR. VÍDEO DE SOGRA DE PREFEITO DE CAMPINA GRANDE PROVOCA "FRISSON" NA PARAÍBA

Um vídeo onde a sogra do prefeito de Campina Grande, Soraya Brito, aparece em um motel cheirando cocaína explodiu como uma bomba na Paraíba essa manhã. Soraya Brito é a mãe de Juliana Cunha Lima, casada com o prefeito Bruno Cunha Lima (Solidariedade). Bruno Cunha Lima é sobrinho do ex-governador Cássio Cunha Lima, que foi um dos líderes nacionais do PSDB. O ex-senador vai lançar seu filho, o deputado Pedro Cunha Lima (PSDB), como candidato ao governo do Estado. A gravação está sendo muito comentada nas redes sociais, e a hashtag #fofocadecampina é uma das mais citadas na região. Ninguém sabe a autoria do vídeo.

CAICOENSE É ENCONTRADA SEM VIDA DENTRO DE UM CARRO EM NATAL

A caicoense  Milena Azevedo de Sena Alves, 32 anos, foi achada sem vida dentro de um carro próximo à ponte Newton Navarro, em Natal. Corpo foi removido pelo Itep. A família ainda não esclareceu o que pode ter acontecido com Milena, dada como desaparecida pelos familiares horas antes de seu corpo ter sido localizado. Nas redes sociais uma mensagem com despedida a Milena circula desde as primeiras horas desta terça-feira, 02 de janeiro de 2024. Sepultamento será em Natal. MENSAGEM Infelizmente temos uma notícia muito triste para nós Caicoenses. Milena, que estava desaparecida, foi encontrada sem vida dentro de um veículo próximo à ponte Newton Navarro. Os familiares foram reconhecer o corpo no Itep. Ela era filha de Conceição Azevedo e Dircineu Sena. Conceição foi funcionária do Banco do Brasil de Caicó e Dircineu da CAERN.