Pular para o conteúdo principal

EUA: ENTENDA O QUE ACONTECE APÓS TRUMP SER CONDENADO POR CAUSA DE FRAUDE

 


Donald Trump se tornou o primeiro ex-presidente dos Estados Unidos a ser condenado por um crime. O júri, ocorrido em Nova York entre quarta e quinta-feira (29 e 30/5), considerou o bilionário culpado por crimes relacionadas à falsificação de registros contábeis para esconder o suborno à atriz pornô Stormy Daniels.

Na quinta, os 12 jurados (sete homens e cinco mulheres), após ouvirem testemunhas e conhecerem as provas relacionadas ao caso, consideraram Trump culpado por todas as 34 imputações criminais ocorridas no contexto das eleições de 2016 (ele teria tido um caso com a atriz em 2006). A decisão foi celebrada por políticos democratas e criticada pelos republicanos.

A pena, no entanto, será anunciada pelo juiz Juan Merchan somente em 11 de julho, mas são pequenas as chances de que o ex-presidente seja mandado para a prisão. Vale destacar que a sentença será anunciada a poucos dias da Convenção Nacional do Partido Republicano, em que será anunciado o candidato do partido para disputar as eleições deste ano.

Trump, no fim da sessão dessa quinta, afirmou que o julgamento foi manipulado e que teria havido uma armação da administração do presidente Joe Biden. “O verdadeiro veredicto ocorrerá no dia 5 de novembro pelo povo, e eles sabem o que aconteceu aqui e todo mundo sabe o que aconteceu aqui”, afirmou em referência às eleições deste ano.

A condenação histórica do ex-presidente tem como pano de fundo a disputa eleitoral que polariza os Estados Unidos entre o candidato republicano, Donald Trump, e o candidato democrata, Joe Biden. Ainda assim, a legislação norte-americana não impede que Trump dispute a Presidência, mesmo tendo sido condenado por caso envolvendo o pleito de 2016.

Vitor de Pieri, professor do Instituto de Geografia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), considera que o impacto no eleitorado ainda é uma incógnita. Segundo ele, a condenação de Trump pode não resultar em grandes efeitos na corrida eleitoral, considerando fatores como a impopularidade de Biden e o contexto de “guerra cultural” nos Estados Unidos.

“O que possivelmente ocorrerá é o acirramento de uma disputa eleitoral extremamente polarizada, onde informação e desinformação transitam nos mais diversos meios de comunicação”, indica.

O professor sublinha que Trump responde a processos com temas muito mais delicados que esse, que envolvem a segurança nacional e a estabilidade institucional dos EUA. Trump responde por casos como a apropriação de documentos sigilosos da Casa Branca e o incentivo à invasão do Capitólio em 6 janeiro de 2021.

Metrópoles

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ADOLESCENTE É BALEADA COM TIRO NA CABEÇA NO MUNICÍPIO DE JUCURUTU (RN) E SEU ESTADO É GRAVISSÍMO

Uma adolescente de 17 anos foi baleada com um tiro na cabeça, no final da tarde desta quinta-feira (02), em Jucurutu. A adolescente, foi socorrida e encaminhada ao Hospital Maternidade Terezinha Lula de Queiroz, no municpio de Jucurutu. Seu estado de saúde é gravissímo. A Polícia Militar prendeu o suspeito pelo crime. Segundo informações da Polícia o homem tentou matar uma outra pessoa, conhecida por "Jó do Ouro" mas os tiros acertaram a adolescente. Adolescente estava no local acompanhada da mãe, quando o homem conhecido como  por "Flavino da Internet", chegou ao local e atirou em direção de "Jó" e acertou na cabeça da jovem.

SEXO, DROGAS E MUITO AMOR. VÍDEO DE SOGRA DE PREFEITO DE CAMPINA GRANDE PROVOCA "FRISSON" NA PARAÍBA

Um vídeo onde a sogra do prefeito de Campina Grande, Soraya Brito, aparece em um motel cheirando cocaína explodiu como uma bomba na Paraíba essa manhã. Soraya Brito é a mãe de Juliana Cunha Lima, casada com o prefeito Bruno Cunha Lima (Solidariedade). Bruno Cunha Lima é sobrinho do ex-governador Cássio Cunha Lima, que foi um dos líderes nacionais do PSDB. O ex-senador vai lançar seu filho, o deputado Pedro Cunha Lima (PSDB), como candidato ao governo do Estado. A gravação está sendo muito comentada nas redes sociais, e a hashtag #fofocadecampina é uma das mais citadas na região. Ninguém sabe a autoria do vídeo.

CAICOENSE É ENCONTRADA SEM VIDA DENTRO DE UM CARRO EM NATAL

A caicoense  Milena Azevedo de Sena Alves, 32 anos, foi achada sem vida dentro de um carro próximo à ponte Newton Navarro, em Natal. Corpo foi removido pelo Itep. A família ainda não esclareceu o que pode ter acontecido com Milena, dada como desaparecida pelos familiares horas antes de seu corpo ter sido localizado. Nas redes sociais uma mensagem com despedida a Milena circula desde as primeiras horas desta terça-feira, 02 de janeiro de 2024. Sepultamento será em Natal. MENSAGEM Infelizmente temos uma notícia muito triste para nós Caicoenses. Milena, que estava desaparecida, foi encontrada sem vida dentro de um veículo próximo à ponte Newton Navarro. Os familiares foram reconhecer o corpo no Itep. Ela era filha de Conceição Azevedo e Dircineu Sena. Conceição foi funcionária do Banco do Brasil de Caicó e Dircineu da CAERN.