Pular para o conteúdo principal

LULA, TARCÍSIO E BOLSONARO

 Lula e Tarcísio. Foto: Reprodução/Poder 360.

Na semana passadsa consumou-se ato político-administrativo do maior significado para a democracia brasileira. Adversários políticos, o presidente Luiz Inácio da Silva e o governador paulista Tarcísio de Freitas assinaram acordo de cooperação para a construção de um túnel abrangendo as cidades de Santos e Guarujá, no litoral paulista.

Planejado há quase 100 anos, o túnel imerso, interligando as cidades de Santos e Guarujá, sairá finalmente do papel. A obra visa melhorar o fluxo de pedestres, cargas e automóveis que transitam entre as duas cidades do litoral, com reflexos em pelo menos nove municípios da Baixada Santista. É uma tentativa de resolver histórico gargalo de mobilidade, impactando a vida de dois milhões de pessoas.

Inicialmente, Lula se opunha à participação na obra do Governo de SP. Defendia PPP com o setor privado. Mudou de ideia, considerando esse sonho vem de 1922, conforme registro de um jornal paulista. O incrível são as críticas despropositadas de militantes da extrema direita contra o diálogo administrativo do governador Tarcísio de Freitas com o presidente Lula. O governador chegou a ser vaiado por bolsonaristas, na reunião em Santos.

Aliados radicais de Bolsonaro alegam falta de lealdade de Tarcísio e desconhecem que se trata de projeto importante para o estado. Na história são comuns os acordos e conversas entre adversários políticos, diante de situações exigidas pelo interesse coletivo. Para não irmos muito longe, um exemplo é do próprio presidente Bolsonaro. O general Augusto Heleno, seu amigo e auxiliar, chamou de “ladrões” os políticos que integravam o centrão. Cantarolou a música clássica de Bezerra da Silva: “Se gritar pega Centrão, não fica um meu irmão”.

Pois bem. Na condição de presidente, Bolsonaro fez aliança com o “centrão” e começou indagando aos seus correligionários: “Pessoal critica: ‘ah tá conversando com o Centrão’, quer o quê? Que eu converse com o PSOL? Com o PCdoB? ”. Foi mais adiante: “O cara quer tocar fogo na canoa, mas não tem um toco de bananeira do lado dele. Vai atravessar o rio cheio de piranha nadando, vai morrer e ser comido no meio do caminho”.

Em 1946, na campanha para governador de SP, juntaram-se os inimigos Getúlio Vargas e o secretário-geral do Partido Comunista do Brasil, Luís Carlos Prestes. Na ditadura de Vargas, Prestes havia ficado preso por nove anos e vira sua esposa, Olga Benário, ser entregue, grávida, à Alemanha nazista. A Frente Ampla foi uma tentativa de enfrentar a ditadura militar e de abertura democrática, que uniu Carlos Lacerda, Juscelino Kubitschek (JK) e João Goulart (Jango), em 1966.

No caso do presidente Lula e o governador Tarcísio de Freitas não é união política, mas a soma de esforços, em benefício do interesse público. Merece aplausos e apoio de quem tenha bom senso.

De Ney Lopes

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ADOLESCENTE É BALEADA COM TIRO NA CABEÇA NO MUNICÍPIO DE JUCURUTU (RN) E SEU ESTADO É GRAVISSÍMO

Uma adolescente de 17 anos foi baleada com um tiro na cabeça, no final da tarde desta quinta-feira (02), em Jucurutu. A adolescente, foi socorrida e encaminhada ao Hospital Maternidade Terezinha Lula de Queiroz, no municpio de Jucurutu. Seu estado de saúde é gravissímo. A Polícia Militar prendeu o suspeito pelo crime. Segundo informações da Polícia o homem tentou matar uma outra pessoa, conhecida por "Jó do Ouro" mas os tiros acertaram a adolescente. Adolescente estava no local acompanhada da mãe, quando o homem conhecido como  por "Flavino da Internet", chegou ao local e atirou em direção de "Jó" e acertou na cabeça da jovem.

SEXO, DROGAS E MUITO AMOR. VÍDEO DE SOGRA DE PREFEITO DE CAMPINA GRANDE PROVOCA "FRISSON" NA PARAÍBA

Um vídeo onde a sogra do prefeito de Campina Grande, Soraya Brito, aparece em um motel cheirando cocaína explodiu como uma bomba na Paraíba essa manhã. Soraya Brito é a mãe de Juliana Cunha Lima, casada com o prefeito Bruno Cunha Lima (Solidariedade). Bruno Cunha Lima é sobrinho do ex-governador Cássio Cunha Lima, que foi um dos líderes nacionais do PSDB. O ex-senador vai lançar seu filho, o deputado Pedro Cunha Lima (PSDB), como candidato ao governo do Estado. A gravação está sendo muito comentada nas redes sociais, e a hashtag #fofocadecampina é uma das mais citadas na região. Ninguém sabe a autoria do vídeo.

CAICOENSE É ENCONTRADA SEM VIDA DENTRO DE UM CARRO EM NATAL

A caicoense  Milena Azevedo de Sena Alves, 32 anos, foi achada sem vida dentro de um carro próximo à ponte Newton Navarro, em Natal. Corpo foi removido pelo Itep. A família ainda não esclareceu o que pode ter acontecido com Milena, dada como desaparecida pelos familiares horas antes de seu corpo ter sido localizado. Nas redes sociais uma mensagem com despedida a Milena circula desde as primeiras horas desta terça-feira, 02 de janeiro de 2024. Sepultamento será em Natal. MENSAGEM Infelizmente temos uma notícia muito triste para nós Caicoenses. Milena, que estava desaparecida, foi encontrada sem vida dentro de um veículo próximo à ponte Newton Navarro. Os familiares foram reconhecer o corpo no Itep. Ela era filha de Conceição Azevedo e Dircineu Sena. Conceição foi funcionária do Banco do Brasil de Caicó e Dircineu da CAERN.