Pular para o conteúdo principal

COMO A POLÍTICA AMBIENTAL DO PT E UMA RECOMENDAÇÃO DO MPF DESTRUIU UM DOS PRINCIPAIS EQUIPAMENTOS DE LAZER DO SERIDÓ

 


Foto: Damião Avelino

Era 24 de fevereiro de 2012,  o Ibama realizava, em Caicó, a “Operação Rios Federais”, na bacia do Açude Itans. A primeira ação do grupo de fiscais foi embargar o Caicó Iate Clube, um dos principais equipamentos de lazer da Região do Seridó, inaugurado em 1964, e localizado às margens do reservatório.

O chefe da operação do Ibama há época no Rio Grande do Norte, Marcelo Lira, confirmou que identificou irregularidades no clube, como a falta de uma licença ambiental, e ocupação irregular da Área de Preservação Permanente(APP).

Posteriormente ainda foram fechados mais quatro balneários; APUC, ASDEC, Clube dos Caminhoneiros e Pelicano.

A operação fazia parte de um projeto piloto a partir do endurecimento das regras ambientais propostos pelo Governo da presidenta Dilma Rousseff (PT), e  recomendação do Ministério Público Federal (MPF), como afirmou na época o superintendente do IBAMA no estado, Alvamar Queiróz, que se referia a “denúncias de poluição no reservatório e construções irregulares”, sendo imposto aplicação de multa, e que só poderiam voltar a funcionar quando atenderem às normas ambientais.

Entretanto, o endurecimento da política ambiental, não prejudicou apenas comerciantes e pessoas que sobreviviam de alguma forma daquele local, prejudicou uma população inteira. Os balneários eram equipamentos importantes de lazer para famílias seridoenses, entretenimento e um cartão-postal para quem visitava Caicó. 

Em 2015, mesmo com aprovação de um Projeto de Lei  que tornou as Entidades afetadas como de Utilidade Pública Municipal, não pôs uma luz no fim do túnel para a reabertura dos balneários.

De lá para cá, passados quase 12 anos, os clubes continuam fechados, aliás foram os únicos fechados pelo IBAMA, a operação que ficou restrita apenas a Caicó, não avançou, por outros reservatórios da região e nem de outros Estados.

O Ministério Público Federal (MPF) no RN foi à Justiça pedir condenação do Iate Clube de Caicó por crime ambiental. Em julho de 2021, a Turma Recursal da Justiça Federal (JFRN) negou o recurso do MPF, que pediu a condenação sob a justificativa de que a edificação, ainda que construída antes da vigência, estava em área de proteção ambiental.

O relator, juiz federal Francisco Glauber Pessoa Alves, foi contra. Ao observar que poderia ser aplicado o princípio da insignificância diante de “mínima ofensividade da conduta do agente, nenhuma periculosidade social da ação e inexpressividade da lesão jurídica (já que foi em uma área de 2,81 hectares)”.

Em trecho da decisão, o relator considerou que o “Caicó Iate Clube é um clube privado instalado às margens do açude Itans desde o ano de 1964. Não há notícia de que fosse, à época, uma construção irregular. A exploração comercial que tenha havido não é nuclear ao tipo penal invocado", enfatizou em sua decisão. 

O processo se arrasta até hoje, mas o cenário continua o mesmo: desolador.

Em 2011, a radialista Lucineide Medeiros acompanhada da jornalista Gláucia Lima, fizeram um vídeo mostrando o Caicó Iate Clube, o vídeo pode ser visto AQUI pelo YouTube.

Em março de 2023, o fotógrafo Damião Avelino publicou no seu Instagram, uma foto comparando o  Caicó Iate Clube em 2008 e atualmente.



Triste Caicó, sem desenvolvimento, sem lazer, sem nada!

Do Blog do TV

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ADOLESCENTE É BALEADA COM TIRO NA CABEÇA NO MUNICÍPIO DE JUCURUTU (RN) E SEU ESTADO É GRAVISSÍMO

Uma adolescente de 17 anos foi baleada com um tiro na cabeça, no final da tarde desta quinta-feira (02), em Jucurutu. A adolescente, foi socorrida e encaminhada ao Hospital Maternidade Terezinha Lula de Queiroz, no municpio de Jucurutu. Seu estado de saúde é gravissímo. A Polícia Militar prendeu o suspeito pelo crime. Segundo informações da Polícia o homem tentou matar uma outra pessoa, conhecida por "Jó do Ouro" mas os tiros acertaram a adolescente. Adolescente estava no local acompanhada da mãe, quando o homem conhecido como  por "Flavino da Internet", chegou ao local e atirou em direção de "Jó" e acertou na cabeça da jovem.

SEXO, DROGAS E MUITO AMOR. VÍDEO DE SOGRA DE PREFEITO DE CAMPINA GRANDE PROVOCA "FRISSON" NA PARAÍBA

Um vídeo onde a sogra do prefeito de Campina Grande, Soraya Brito, aparece em um motel cheirando cocaína explodiu como uma bomba na Paraíba essa manhã. Soraya Brito é a mãe de Juliana Cunha Lima, casada com o prefeito Bruno Cunha Lima (Solidariedade). Bruno Cunha Lima é sobrinho do ex-governador Cássio Cunha Lima, que foi um dos líderes nacionais do PSDB. O ex-senador vai lançar seu filho, o deputado Pedro Cunha Lima (PSDB), como candidato ao governo do Estado. A gravação está sendo muito comentada nas redes sociais, e a hashtag #fofocadecampina é uma das mais citadas na região. Ninguém sabe a autoria do vídeo.

CAICOENSE É ENCONTRADA SEM VIDA DENTRO DE UM CARRO EM NATAL

A caicoense  Milena Azevedo de Sena Alves, 32 anos, foi achada sem vida dentro de um carro próximo à ponte Newton Navarro, em Natal. Corpo foi removido pelo Itep. A família ainda não esclareceu o que pode ter acontecido com Milena, dada como desaparecida pelos familiares horas antes de seu corpo ter sido localizado. Nas redes sociais uma mensagem com despedida a Milena circula desde as primeiras horas desta terça-feira, 02 de janeiro de 2024. Sepultamento será em Natal. MENSAGEM Infelizmente temos uma notícia muito triste para nós Caicoenses. Milena, que estava desaparecida, foi encontrada sem vida dentro de um veículo próximo à ponte Newton Navarro. Os familiares foram reconhecer o corpo no Itep. Ela era filha de Conceição Azevedo e Dircineu Sena. Conceição foi funcionária do Banco do Brasil de Caicó e Dircineu da CAERN.