Pular para o conteúdo principal

OBRA DE ESCRITOR SERIDOENSE É ADAPTADA PARA HQ ATRAVÉS DO FINANCIAMENTO DE PENAS PECUNIÁRIAS

 



A revista em quadrinhos “Porque não se casa, Doutor?” baseada no livro de mesmo nome, do escritor potiguar José Bezerra Gomes e adaptada pelo artista Anderson Gomes, tem como base o projeto “Devolver para Reparar” com o objetivo de retornar à sociedade o dinheiro arrecadado a partir de penas aplicadas em casos envolvendo crimes não violentos.

A obra retrata a vida de um boêmio em Belo Horizonte, constantemente pressionado a se casar e “tomar jeito”, e tem traços autobiográficos do autor, José Bezerra Gomes, natural de Currais Novos, que também morou durante seu período universitário na capital mineira. A adaptação em quadrinhos foi produzida com recursos oriundos da aplicação de penas pecuniárias a partir de edital publicado pela comarca de Currais Novos. 

A adaptação para os quadrinhos

Para Anderson Gomes, ilustrador responsável pela adaptação do livro para os quadrinhos, o processo precisa traçar uma narrativa que tente ser o mais fiel à obra em termos de contexto. 

O artista também destaca a importância dos quadrinhos ao trazer um novo público interessado em se aproximar mais da obra original. “Acredito que o quadrinho de “Porque não se casa, Doutor?” não irá substituir o livro, pelo contrário, para os leitores, pode ser a porta de entrada para buscar o livro e as demais obras do autor”.

Projeto Devolver para Reparar 

O projeto “Devolver para Reparar” foi criado pelo Tribunal de Justiça em 2015 e tem como objetivo destinar à programas sociais os recursos arrecadados através do pagamento das penas pecuniárias, que se tratam de crimes de menor potencial ofensivo com o pagamento em dinheiro, aplicada, em regra, em sentenças inferiores a quatro anos de reclusão de crimes cometidos sem violência ou grave ameaça, sem previsão de regime fechado. 

De acordo com a Resolução nº 154/2012 do Conselho Nacional de Justiça, os valores depositados na execução das penas pecuniárias, quando não destinados à vítima ou aos seus dependentes, serão, preferencialmente, destinados à entidade pública ou privada com finalidade social, previamente conveniada, ou para atividades de caráter essencial à segurança pública, educação e saúde.

O fomento à cultura local foi o que motivou o juiz Marcus Vinícius Pereira Júnior, da comarca de Currais Novos, a abrir edital de penas pecuniárias contemplando a cultura. O magistrado também pontua a importância do resgate histórico de uma obra literária através de um instrumento culturalmente relevante, principalmente aos jovens, que é a revista em quadrinhos.

“A publicação tem como público alvo jovens e adultos, não só do meio jurídico. A reação esperada dos leitores é a surpresa de uma obra de tanta qualidade e praticamente não conhecida, abordando temáticas bastante atuais”. Acrescenta o Dr. Marcus Vinícius Pereira Júnior, da 1ª Vara de Currais Novos.



O lançamento da revista “Por que não se casa, Doutor?” ocorreu na última sexta-feira  (15), na Biblioteca Desembargador Mattos Serejo, prédio sede do TJRN. Aos interessados, a revista pode ser adquirida na biblioteca do TJRN gratuitamente.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ADOLESCENTE É BALEADA COM TIRO NA CABEÇA NO MUNICÍPIO DE JUCURUTU (RN) E SEU ESTADO É GRAVISSÍMO

Uma adolescente de 17 anos foi baleada com um tiro na cabeça, no final da tarde desta quinta-feira (02), em Jucurutu. A adolescente, foi socorrida e encaminhada ao Hospital Maternidade Terezinha Lula de Queiroz, no municpio de Jucurutu. Seu estado de saúde é gravissímo. A Polícia Militar prendeu o suspeito pelo crime. Segundo informações da Polícia o homem tentou matar uma outra pessoa, conhecida por "Jó do Ouro" mas os tiros acertaram a adolescente. Adolescente estava no local acompanhada da mãe, quando o homem conhecido como  por "Flavino da Internet", chegou ao local e atirou em direção de "Jó" e acertou na cabeça da jovem.

SEXO, DROGAS E MUITO AMOR. VÍDEO DE SOGRA DE PREFEITO DE CAMPINA GRANDE PROVOCA "FRISSON" NA PARAÍBA

Um vídeo onde a sogra do prefeito de Campina Grande, Soraya Brito, aparece em um motel cheirando cocaína explodiu como uma bomba na Paraíba essa manhã. Soraya Brito é a mãe de Juliana Cunha Lima, casada com o prefeito Bruno Cunha Lima (Solidariedade). Bruno Cunha Lima é sobrinho do ex-governador Cássio Cunha Lima, que foi um dos líderes nacionais do PSDB. O ex-senador vai lançar seu filho, o deputado Pedro Cunha Lima (PSDB), como candidato ao governo do Estado. A gravação está sendo muito comentada nas redes sociais, e a hashtag #fofocadecampina é uma das mais citadas na região. Ninguém sabe a autoria do vídeo.

CAICOENSE É ENCONTRADA SEM VIDA DENTRO DE UM CARRO EM NATAL

A caicoense  Milena Azevedo de Sena Alves, 32 anos, foi achada sem vida dentro de um carro próximo à ponte Newton Navarro, em Natal. Corpo foi removido pelo Itep. A família ainda não esclareceu o que pode ter acontecido com Milena, dada como desaparecida pelos familiares horas antes de seu corpo ter sido localizado. Nas redes sociais uma mensagem com despedida a Milena circula desde as primeiras horas desta terça-feira, 02 de janeiro de 2024. Sepultamento será em Natal. MENSAGEM Infelizmente temos uma notícia muito triste para nós Caicoenses. Milena, que estava desaparecida, foi encontrada sem vida dentro de um veículo próximo à ponte Newton Navarro. Os familiares foram reconhecer o corpo no Itep. Ela era filha de Conceição Azevedo e Dircineu Sena. Conceição foi funcionária do Banco do Brasil de Caicó e Dircineu da CAERN.