Pular para o conteúdo principal

QUATRO POTIGUARES ESTÃO NO ELENCO DE MAR DO SERTÃO

 




Canta Pedra não está no mapa, mas existe em cada canto do sertão nordestino. É o cenário fictício e ao mesmo tempo real em que se passará “Mar do Sertão”, a nova novela das seis da TV Globo, que vai estrear no próximo dia 22 de agosto. A obra já está sendo reconhecida por ser a produção da emissora com mais artistas nordestinos no elenco, uma reivindicação antiga no meio. E para reforçar a identidade e os sotaques da região, quatro nomes do Rio Grande do Norte estão na lista: Titina Medeiros, Quitéria Kelly, César Ferrario, e Matteus Cardoso – este, em sua primeira novela.

As imagens que o público verá misturam cenários nordestinos  reais com a cidade montada em estúdio no Rio de Janeiro. Entre o final de maio e o início de junho, a equipe esteve em Pernambuco e Alagoas para registrar imagens para a novela e gravar cenas com parte do elenco.  A jornada teve início pelo Vale do Catimbau, em Pernambuco.

Localizado entre o Agreste e o Sertão pernambucano, o vale é o segundo maior parque arqueológico do Brasil. O local conta com diversos sítios arqueológicos, grutas, cemitérios pré-históricos e pinturas rupestres com mais de seis mil anos. Por lá, gravaram os atores Isadora Cruz, Sérgio Guizé, Renato Góes, Enrique Diaz, Everaldo Pontes, Pedro Lamin e Lucas Galvino.

Os trabalhos seguiram em Piranhas, Alagoas, com os mesmos atores, onde foram gravadas cenas que mostram a exuberância do Rio São Francisco, assim como as cores e a alegria da cidade de aproximadamente 25 mil habitantes, que teve seu centro histórico como inspiração para a criação de Canta Pedra, a fictícia cidade onde se passa a história de “Mar do Sertão”.

A novela, criada e escrita por Mario Teixeira e dirigida por Allan Fiterman, foi pensada para reproduzir um sertão do Nordeste que existe, mas que também pode ser representado de forma metafórica e fabular. “Quero trazer para essa novela o nordeste que está dentro de mim, que vivi durante toda a minha vida”, comentou Mário. “O público pode esperar uma novela espirituosa, com boa dose de leveza e humor. Conhecemos o sertão semiárido, e falaremos dele, mas queremos dar espaço também para a natureza verde, a cultura e a arquitetura com muitas cores dessa região”, pontuou o Fiterman.

A trama acompanha o desenrolar do triângulo amoroso vivido por Candoca (Isadora Cruz), seu grande amor Zé Paulino (Sergio Guizé), e Tertulinho (Renato Góes). Também estará em foco o poder dos coronéis da região. No início da história, Candoca e Zé Paulino estão noivos. Finalmente, vão realizar o sonho de casar. O problema é que o coronel Tertúlio (José de Abreu) – dono da Fazenda Palmeiral – dá ordem para que Zé Paulino leve um cavalo até outra cidade justamente na data em que a cerimônia está marcada. Tertulinho deve acompanhá-lo. E aí uma jogada do destino mudará a vida de todos para sempre.

Joel Leiteiro

Matteus Cardoso, que na peça “A invenção do Nordeste” vive um ator em busca de um papel nordestino, agora representa o RN na novela com Joel Leiteiro. Ele é peão na fazenda Palmeiral, rapaz trabalhador, de bom coração e um tanto ingênuo. Além de tirar leite das vacas, ele também entrega o produto na cidade. Joel conhece quase todos os moradores de Canta Pedra e tem um sentimento forte por Anita, a sacristã da igreja. “Joel é um cara batalhador e simples prestes a viver uma divertida aventura em sua vida”, completa Matteus.

Para interpretar Joel, o ator precisou aprender o básico da profissão do campo. “Tive aulas de equitação e de ordenha. Aprendi até a cavalgar sem sela. Num dos dias de aula tirei mais de dois litros de leite de uma das vacas e a equipe que estava presente tomou o leite com um café fresco que passaram na hora. Foi um processo delicioso e muito divertido”, disse.

Estar em uma produção cujo elenco é formado na maioria por nordestinos e nordestinas é um estímulo a mais para trabalhar, segundo Matteus. “A Globo já tem representações clássicas do Nordeste,  e esse olhar especial com a representatividade acrescenta uma camada de excelência à novela.   As personagens terão sotaque original e uma atmosfera muito autêntica. Fomos convidados a representar nossa identidade cultural em tela e para qualquer ator e atriz isso é uma grande honra”, afirma.

O ator, que se define como um “noveleiro que recebeu a benção de pular do sofá direto para o elenco de uma novela”, ressalta que ele e todo elenco estão gravando com muita dedicação e carinho. “Espero demais que o público goste, veja-se representado, consiga se apaixonar e se divertir como nós temos nos apaixonado por esse universo tão sensível, romântico e bem-humorado que Mário Teixeira criou”, conclui.

ELENCO DO RN

Joel Leiteiro (Matteus Cardoso) – Peão tocador de gado, velho amigo de Zé Paulino (Sérgio Guizé). Vive acomodado em seu papel de eterno servidor do coronel, de quem se julga devedor.
Nivalda (Titina Medeiros) – Esposa de Sabá Bodó (Welder Rodrigues) e mãe de Jessilane (Giovanna Figueiredo). Uma mulher fútil que, como muitas de seu meio, não foi incentivada a estudar.

Zahym (César Ferrario) – Comerciante de tapetes persas, eletrodomésticos e do que mais aparecer. Cria a filha Labibe (Theresa Fonseca) com mão de ferro, pois ela está prometida a um sheik de sua terra natal.

Latifa (Quitéria Kelly) – Mulher de Zahym (César Ferrario) e mãe de Labibe (Theresa Fonseca). É uma exímia comerciante, que, sob o recatado véu, desperta os sonhos dos homens da cidade.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

JUSTIÇA ELEITORAL FISCALIZA CLINICA EM CAICÓ POR SUSPEITA DE COMPRA DE VOTOS; 11 PESSOAS FORAM CONDUZIDAS A DELEGACIA

A Justiça eleitoral realizou nesta segunda-feira(02) uma operação de fiscalização contra supostos crimes eleitorais em uma clinica médica e odontológica localizada na rua Tonheca Dantas nas proximidades da Central do Cidadão no bairro Penedo em Caicó.  Os funcionários da justiça eleitoral receberam denuncias de que a clinica estaria funcionando no domingo a noite e poderia está acontecendo favorecimento politico, mais como não conseguiram fazer a fiscalização naquele momento realizaram na manhã de segunda-feira, feriado de finados.  Ao chegar no local foi constatado a clinica em funcionamento com movimentação de pacientes e ao entrar pediram explicações e foram informados que aproveitaram o feriado para fazer moldagem para posteriormente ser realizado o orçamento do trabalho.  Os servidores da justiça solicitaram apoio da Policia Militar e conduziram até a delegacia para averiguação e prestar depoimentos três pessoas que trabalham na clinica e 8 pacientes que estavam presentes no local

SEXO, DROGAS E MUITO AMOR. VÍDEO DE SOGRA DE PREFEITO DE CAMPINA GRANDE PROVOCA "FRISSON" NA PARAÍBA

Um vídeo onde a sogra do prefeito de Campina Grande, Soraya Brito, aparece em um motel cheirando cocaína explodiu como uma bomba na Paraíba essa manhã. Soraya Brito é a mãe de Juliana Cunha Lima, casada com o prefeito Bruno Cunha Lima (Solidariedade). Bruno Cunha Lima é sobrinho do ex-governador Cássio Cunha Lima, que foi um dos líderes nacionais do PSDB. O ex-senador vai lançar seu filho, o deputado Pedro Cunha Lima (PSDB), como candidato ao governo do Estado. A gravação está sendo muito comentada nas redes sociais, e a hashtag #fofocadecampina é uma das mais citadas na região. Ninguém sabe a autoria do vídeo.

CERVEJA EM FALTA...

Às vésperas das festas de fim de ano, o nível de ruptura da cerveja – índice que monitora a falta de produtos em supermercados brasileiros –, segue em alta. Em novembro, atingiu 19,45%, frente aos 10% registrados no mesmo mês de 2019.  O índice começou a subir em março, no início da quarentena. Nos últimos meses foram registrados 17,64% de ruptura, em setembro, e 18,92% em outubro.  O monitoramento acompanha os dados de 40 mil varejistas no Brasil e é feito pela Neogrid, especializada na sincronização da cadeia de suprimentos.  A falta de cervejas nas prateleiras se deve, principalmente, às dificuldades que as empresas enfrentam para comprar embalagens, como vidro para as garrafas e latas. Apesar do alto índice de ruptura, não há, por ora, risco de desabastecimento do produto.