Pular para o conteúdo principal

PESQUISA IPESPE: LULA 43%, BOLSONARO 35%, CIRO 9% E SIMONE TEBET 5%

 


A 32 dias do primeiro turno, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) mantém a liderança na disputa pelo Palácio do Planalto. É o que mostra pesquisa Ipespe, divulgada na manhã desta quarta-feira (31). O levantamento, encomendado pela XP Investimentos, é o primeiro feito pelo instituto após o início do período de campanha.

Segundo a pesquisa, realizada entre os dias 26 e 29 de agosto, Lula tem 43% das intenções de voto – oscilação negativa de 1 ponto percentual em relação ao último levantamento, feito em julho. Já o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), candidato à reeleição, tem os mesmos 35% da pesquisa anterior.

O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) também manteve seus 9% de intenções de voto do último levantamento – desempenho 2 pontos menor do que sua melhor marca, registrada pela última vez em outubro do ano passado.

Já a senadora Simone Tebet (MDB) oscilou positivamente de 4% para 5%, entrando em situação de empate técnico com Ciro Gomes pela primeira vez. A parlamentar dobrou seu apoio entre o eleitorado feminino, passando a 8%. O cientista político Felipe D’Avila tem 1% das intenções de voto, mesmo patamar registrado em julho.

Os nomes de Pablo Marçal (Pros) – que briga na justiça pelo direito de manter a candidatura –, Sofia Manzano (PCB), Soraya Thronicke (União Brasil), Roberto Jefferson (PTB), Vera Lúcia (PSTU) e Léo Péricles (UP) foram citados, mas não alcançaram 1% das intenções de voto. O candidato Constituinte Eymael (DC) constava na lista mas não foi citado por nenhum respondente.

Eleitores que dizem não votar em nenhum dos candidatos ou que declaram intenção de votar em branco ou nulo somam 4% dos entrevistados. Outros 2% não souberam ou optaram por não responder ao questionamento.

O levantamento mostra que Lula tem seu melhor desempenho entre as mulheres (46%), eleitores com idade entre 16 e 34 anos, com escolaridade até o Ensino Fundamental (50%), renda de até 2 salários mínimos (51%), do Nordeste (56%) e católicos (46%).

Já Bolsonaro tem seu melhor desempenho entre os homens (41%), eleitores com idade entre 35 e 54 anos (38%) e com 55 anos ou mais (37%), escolaridade com até Ensino Superior (40%), renda acima de 5 salários mínimos (42%), da região Sul (45%) e evangélicos (47%).


A cerca de um mês do 1º turno, Lula e Bolsonaro concentram mais de 80% das intenções de votos válidos em todos os estados e reforçam quadro de polarização

Considerando apenas votos válidos (ou seja, eleitores que declararam apoio a um dos candidatos citados), Lula tem 46% das intenções de voto, e Bolsonaro 38%. Já Ciro aparece com 10%, Simone com 5%, e D’Avila com 1%.

No cenário espontâneo (ou seja, quando nenhum nome de candidato é lido pelo entrevistador), a vantagem de Lula diminuiu. O petista manteve os 40% de levantamento anterior, mas Bolsonaro saltou de 30% para 34%. Já Ciro, Simone e D’Avila contam com o apoio de, respectivamente, 5%, 3% e 1%.

Segundo turno

O Ipespe fez cinco simulações de segundo turno. Em possível disputa entre Lula e Bolsonaro, cenário tido como mais provável pelos analistas políticos, o petista teria 53% das intenções de voto, contra 38% do atual presidente. A distância, agora em 15 pontos diminuiu 2 p.p. em comparação com julho.

No segundo cenário testado, Lula venceria Ciro Gomes por 53% contra 31%. Neste caso, a diferença caiu 4 pontos em relação ao último levantamento.

Lula também derrotaria Simone Tebet – neste caso, por 53% a 25% – também uma queda de 4 pontos na distância considerando a mesma base de comparação.

Já Bolsonaro seria derrotado por Ciro Gomes, por 48% a 42%. Contra Simone Tebet, o atual presidente aparece numericamente à frente, porém em situação de empate técnico: 43% a 41%.

Metodologia

O Ipespe realizou 2.000 entrevistas telefônicas, conduzidas por operadores, entre os dias 26 e 29 de agosto – portanto, capturou os efeitos do início das campanhas no rádio e na televisão e as sabatinas de Bolsonaro, Ciro, Lula e Simone ao Jornal Nacional, da TV Globo.

Já os impactos do primeiro debate entre os candidatos, realizado no domingo (28) se refletem parcialmente no levantamento, uma vez que parte das entrevistas foram realizadas antes.

A pesquisa está registrada junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-04347/2022.

A margem de erro máxima é de 2,2 pontos percentuais para um nível de confiança estimado em 95,45%. Isso significa que, se o levantamento tivesse sido feito mais de uma vez exatamente nas mesmas condições, esta seria a probabilidade de o resultado se repetir dentro da margem de erro.

Infomoney

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

JUSTIÇA ELEITORAL FISCALIZA CLINICA EM CAICÓ POR SUSPEITA DE COMPRA DE VOTOS; 11 PESSOAS FORAM CONDUZIDAS A DELEGACIA

A Justiça eleitoral realizou nesta segunda-feira(02) uma operação de fiscalização contra supostos crimes eleitorais em uma clinica médica e odontológica localizada na rua Tonheca Dantas nas proximidades da Central do Cidadão no bairro Penedo em Caicó.  Os funcionários da justiça eleitoral receberam denuncias de que a clinica estaria funcionando no domingo a noite e poderia está acontecendo favorecimento politico, mais como não conseguiram fazer a fiscalização naquele momento realizaram na manhã de segunda-feira, feriado de finados.  Ao chegar no local foi constatado a clinica em funcionamento com movimentação de pacientes e ao entrar pediram explicações e foram informados que aproveitaram o feriado para fazer moldagem para posteriormente ser realizado o orçamento do trabalho.  Os servidores da justiça solicitaram apoio da Policia Militar e conduziram até a delegacia para averiguação e prestar depoimentos três pessoas que trabalham na clinica e 8 pacientes que estavam presentes no local

SEXO, DROGAS E MUITO AMOR. VÍDEO DE SOGRA DE PREFEITO DE CAMPINA GRANDE PROVOCA "FRISSON" NA PARAÍBA

Um vídeo onde a sogra do prefeito de Campina Grande, Soraya Brito, aparece em um motel cheirando cocaína explodiu como uma bomba na Paraíba essa manhã. Soraya Brito é a mãe de Juliana Cunha Lima, casada com o prefeito Bruno Cunha Lima (Solidariedade). Bruno Cunha Lima é sobrinho do ex-governador Cássio Cunha Lima, que foi um dos líderes nacionais do PSDB. O ex-senador vai lançar seu filho, o deputado Pedro Cunha Lima (PSDB), como candidato ao governo do Estado. A gravação está sendo muito comentada nas redes sociais, e a hashtag #fofocadecampina é uma das mais citadas na região. Ninguém sabe a autoria do vídeo.

CERVEJA EM FALTA...

Às vésperas das festas de fim de ano, o nível de ruptura da cerveja – índice que monitora a falta de produtos em supermercados brasileiros –, segue em alta. Em novembro, atingiu 19,45%, frente aos 10% registrados no mesmo mês de 2019.  O índice começou a subir em março, no início da quarentena. Nos últimos meses foram registrados 17,64% de ruptura, em setembro, e 18,92% em outubro.  O monitoramento acompanha os dados de 40 mil varejistas no Brasil e é feito pela Neogrid, especializada na sincronização da cadeia de suprimentos.  A falta de cervejas nas prateleiras se deve, principalmente, às dificuldades que as empresas enfrentam para comprar embalagens, como vidro para as garrafas e latas. Apesar do alto índice de ruptura, não há, por ora, risco de desabastecimento do produto.