Pular para o conteúdo principal

LIGA CONTRA O CÂNCER CHEGA AOS 73 ANOS COM NÚMEROS IMPRESSIONANTES NO ATENDIMENTO ONCÓLOGICO E DIAGNÓSTICO

AT

Referência em saúde, serviço de excelência, acolhimento ao paciente e atenção multidisciplinar. É com o destaque a essas características, somadas ao fato de ser uma instituição filantrópica e aberta a todos, que a Liga Norte Riograndense Contra o Câncer chega, neste mês de julho, aos 73 anos, com uma história consolidada não somente no Rio Grande do Norte – onde se firma como a maior instituição de saúde do Estado – mas no país.

Desde o diagnóstico, ao tratamento, suporte e a atenção psicológica, o paciente da Liga é beneficiado com um atendimento multidisciplinar que busca oferecer o que há de mais avançado na medicina, aliado a uma visão humana e social. Para se ter ideia da quantidade de pessoas beneficiadas com os serviços prestados pela Liga, somente até maio deste ano foram realizadas mais de 51 mil consultas pelo SUS, por convênios e de forma particular e mais de 6.500 cirurgias, 19 mil ciclos de quimioterapia, 20 mil aplicações radioterápicas e milhares de outros tipos de atendimentos e procedimentos. Fechar o número total de atendimentos dos 73 anos é um desafio que supera milhões, mas a Liga está presente na sociedade como referência para gerações de potiguares.

A Liga é uma instituição sem fins lucrativos e foi criada em 1949, hoje sendo reconhecida como Centro de Alta Complexidade em Oncologia (CACON) pelo Ministério da Saúde, tendo como pilares a prevenção, diagnóstico, tratamento, reabilitação e cuidados paliativos em suas quatro unidades hospitalares, três em Natal e uma em Caicó. Mas nem todos os seus serviços estão ligados à oncologia: um exemplo disso é o parque de exames de imagem – o maior do Estado – que atende ao público em geral e já realizou mais de 17 mil ultrassonografias, por exemplo, entre janeiro e maio deste ano.

O superintendente da Liga, Dr. Roberto Sales, destaca que a instituição, na condição de maior na área de saúde no RN, se posiciona de uma forma muito presente na vida de todos aqueles que precisam fazer qualquer tipo de tratamento para câncer, ou ainda que precisem de exames de imagem de alta precisão. “Qualquer paciente que procure a instituição é muito bem atendido e tem um resultado positivo bastante intenso”, destaca.

Ele explica que o apoio da Liga transcende o período de tratamento médico, no caso dos pacientes com câncer. “Tão importante quanto salvar vidas é acompanhar os pacientes que estão em tratamento e os que são portadores de câncer, mas sem a doença em atividade. São pacientes que estão bem, mas continuam precisando do apoio da instituição, e seu número vem crescendo ano após ano com o envelhecimento da população”, ressalta.

Formação de profissionais e atuação em pesquisas internacionais

A história de êxito da Liga quando se trata de salvar vidas vai além do atendimento médico e cirúrgico. A instituição conta com o Instituto de Ensino, Pesquisa e Inovação que tem como prioridade produzir e compartilhar conhecimento; promover e incentivar a investigação científica; e estimular o desenvolvimento de soluções técnicas e tecnológicas na área da saúde.

O Instituto desenvolve desde programas de residência e pós-graduações médicas e multiprofissionais, até cursos, estágios curriculares e eventos. Um dos seus destaques é o Centro de Pesquisa Clínica (CPC) que tem 15 anos de relevância e renome nacional e internacional em pesquisa oncológica. Trata-se de uma unidade de pesquisa dedicada à investigação nessa área e conta com uma equipe multidisciplinar, especializada e altamente qualificada, tendo como principal objetivo a atenção individualizada de cada paciente participante das pesquisas e um corpo de investigadores clínicos atuando em parceria técnico-científica regulamentada na área oncológica, desenvolvendo todas as etapas de um estudo clínico.

Compromisso com o melhor

Para o coordenador executivo da Liga, Dr. Luciano Luiz, é desafiador prestar um serviço filantrópico de excelência reconhecido em todo o Brasil. “O maior compromisso da Liga é levar a todos, sem distinção, o melhor em assistência à saúde, com foco em Oncologia. Seja SUS ou convênio, todos terão acesso ao mesmo tratamento. É essa a razão da nossa existência, somos antes de tudo filantrópicos”, declara.

“Claro que levar ao SUS um tratamento de excelência é um desafio enorme, porque não recebemos remuneração para tal. Então precisamos atender convênios particulares como forma de gerar receita complementar para manter o padrão de qualidade. Para isso, precisamos melhorar cada vez mais. Uma coisa alimenta a outra e a sociedade sai ganhando”, complementa.

O médico ressalta a importância das doações para a sobrevivência do importante trabalho da Liga. “Ainda assim, a conta só fecha com doações. A Liga, apesar de ser uma organização de direito privado, não pertencer ao estado, é um bem público, todos precisam ajudar de alguma forma”, diz o médico oncologista.

Já o superintendente, Dr. Roberto Sales, destaca que a Liga segue com muitos planos para os próximos anos. “Temos que sonhar alto, porque para tratar do paciente com câncer, que tem toda uma aura de sofrimento, é necessário trabalhar para fazer desse hospital o melhor centro, sempre com o pensamento positivo”, finaliza.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

JUSTIÇA ELEITORAL FISCALIZA CLINICA EM CAICÓ POR SUSPEITA DE COMPRA DE VOTOS; 11 PESSOAS FORAM CONDUZIDAS A DELEGACIA

A Justiça eleitoral realizou nesta segunda-feira(02) uma operação de fiscalização contra supostos crimes eleitorais em uma clinica médica e odontológica localizada na rua Tonheca Dantas nas proximidades da Central do Cidadão no bairro Penedo em Caicó.  Os funcionários da justiça eleitoral receberam denuncias de que a clinica estaria funcionando no domingo a noite e poderia está acontecendo favorecimento politico, mais como não conseguiram fazer a fiscalização naquele momento realizaram na manhã de segunda-feira, feriado de finados.  Ao chegar no local foi constatado a clinica em funcionamento com movimentação de pacientes e ao entrar pediram explicações e foram informados que aproveitaram o feriado para fazer moldagem para posteriormente ser realizado o orçamento do trabalho.  Os servidores da justiça solicitaram apoio da Policia Militar e conduziram até a delegacia para averiguação e prestar depoimentos três pessoas que trabalham na clinica e 8 pacientes que estavam presentes no local

SEXO, DROGAS E MUITO AMOR. VÍDEO DE SOGRA DE PREFEITO DE CAMPINA GRANDE PROVOCA "FRISSON" NA PARAÍBA

Um vídeo onde a sogra do prefeito de Campina Grande, Soraya Brito, aparece em um motel cheirando cocaína explodiu como uma bomba na Paraíba essa manhã. Soraya Brito é a mãe de Juliana Cunha Lima, casada com o prefeito Bruno Cunha Lima (Solidariedade). Bruno Cunha Lima é sobrinho do ex-governador Cássio Cunha Lima, que foi um dos líderes nacionais do PSDB. O ex-senador vai lançar seu filho, o deputado Pedro Cunha Lima (PSDB), como candidato ao governo do Estado. A gravação está sendo muito comentada nas redes sociais, e a hashtag #fofocadecampina é uma das mais citadas na região. Ninguém sabe a autoria do vídeo.

CERVEJA EM FALTA...

Às vésperas das festas de fim de ano, o nível de ruptura da cerveja – índice que monitora a falta de produtos em supermercados brasileiros –, segue em alta. Em novembro, atingiu 19,45%, frente aos 10% registrados no mesmo mês de 2019.  O índice começou a subir em março, no início da quarentena. Nos últimos meses foram registrados 17,64% de ruptura, em setembro, e 18,92% em outubro.  O monitoramento acompanha os dados de 40 mil varejistas no Brasil e é feito pela Neogrid, especializada na sincronização da cadeia de suprimentos.  A falta de cervejas nas prateleiras se deve, principalmente, às dificuldades que as empresas enfrentam para comprar embalagens, como vidro para as garrafas e latas. Apesar do alto índice de ruptura, não há, por ora, risco de desabastecimento do produto.