Pular para o conteúdo principal

´ÍNDICE DE INFESTAÇÃO PREDIAL DO MOSQUITO AEDES AEGYPTI CAI PARA 3,2% EM CAICÓ

O índice de infestação predial do mosquito Aedes aegypti em Caicó (RN), caiu de 5,7% para 3,2%, de acordo com o último levantamento realizado pela Secretaria Municipal de Saúde, através do Centro de Controle de Zoonoses.

O coordenador do CCZ, Luciélio Henrique, disse que “atribui a redução ao trabalho dos agentes de endemias realizado nas regiões onde os índices são considerados altos e a operação com o carro fumacê. Outro fato, é que a população têm se conscientizado da necessidade dos cuidados para evitar a proliferação do mosquito que transmite não só a dengue, mas, também, a Zika e a chikungunya“, afirma.

Operação Festa de Sant’Ana contra a Dengue

O coordenador do Centro de Controle de Zoonoses, Luciélio Henrique, contou também que a partir desta segunda-feira (11), os agentes de endemias estarão focados no que chamou de Operação Festa de Sant’Ana.

Uma equipe foi direcionada para atuar até a sexta-feira (15), nos quarteirões que estão localizados no entorno da Catedral de Sant’Ana, onde se concentra um maior número de pessoas por ocasião da festa religiosa e sócio-cultural.

Também na sexta, dia 15, uma equipe de agentes de endemias, vai realizar ações de combate ao mosquito Aedes aegypti no Complexo Turístico Ilha de Sant’Ana. A partir das 07h, os agentes entram nos quiosques de venda de alimentação.

Nosso trabalho vai ser em toda a Ilha. Seguiremos até o prédio onde está instalada a Polícia Ambiental, passando pelo anfiteatro, ginásio poliesportivo e canteiros”, disse Luciélio.

Carro Fumacê

O coordenador estadual da operação com o carro fumacê, informou ao coordenador do CCZ de Caicó, Luciélio Henrique, que as ações serão suspensas em todo o Rio Grande do Norte, por causa da falta do inseticida utilizado. Segundo ele, o Ministério da Saúde não adquiriu o produto e está faltando em todo o território nacional.

Em Caicó, a operação que está ocorrendo na zona norte, será concluída e os carros recolhidos.

Quando ocorrer o reabastecimento do inseticida, a coordenação de endemias será contactada para saber da necessidade de continuação das ações com o carro fumacê.

Da Assessoria

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

JUSTIÇA ELEITORAL FISCALIZA CLINICA EM CAICÓ POR SUSPEITA DE COMPRA DE VOTOS; 11 PESSOAS FORAM CONDUZIDAS A DELEGACIA

A Justiça eleitoral realizou nesta segunda-feira(02) uma operação de fiscalização contra supostos crimes eleitorais em uma clinica médica e odontológica localizada na rua Tonheca Dantas nas proximidades da Central do Cidadão no bairro Penedo em Caicó.  Os funcionários da justiça eleitoral receberam denuncias de que a clinica estaria funcionando no domingo a noite e poderia está acontecendo favorecimento politico, mais como não conseguiram fazer a fiscalização naquele momento realizaram na manhã de segunda-feira, feriado de finados.  Ao chegar no local foi constatado a clinica em funcionamento com movimentação de pacientes e ao entrar pediram explicações e foram informados que aproveitaram o feriado para fazer moldagem para posteriormente ser realizado o orçamento do trabalho.  Os servidores da justiça solicitaram apoio da Policia Militar e conduziram até a delegacia para averiguação e prestar depoimentos três pessoas que trabalham na clinica e 8 pacientes que estavam presentes no local

SEXO, DROGAS E MUITO AMOR. VÍDEO DE SOGRA DE PREFEITO DE CAMPINA GRANDE PROVOCA "FRISSON" NA PARAÍBA

Um vídeo onde a sogra do prefeito de Campina Grande, Soraya Brito, aparece em um motel cheirando cocaína explodiu como uma bomba na Paraíba essa manhã. Soraya Brito é a mãe de Juliana Cunha Lima, casada com o prefeito Bruno Cunha Lima (Solidariedade). Bruno Cunha Lima é sobrinho do ex-governador Cássio Cunha Lima, que foi um dos líderes nacionais do PSDB. O ex-senador vai lançar seu filho, o deputado Pedro Cunha Lima (PSDB), como candidato ao governo do Estado. A gravação está sendo muito comentada nas redes sociais, e a hashtag #fofocadecampina é uma das mais citadas na região. Ninguém sabe a autoria do vídeo.

CERVEJA EM FALTA...

Às vésperas das festas de fim de ano, o nível de ruptura da cerveja – índice que monitora a falta de produtos em supermercados brasileiros –, segue em alta. Em novembro, atingiu 19,45%, frente aos 10% registrados no mesmo mês de 2019.  O índice começou a subir em março, no início da quarentena. Nos últimos meses foram registrados 17,64% de ruptura, em setembro, e 18,92% em outubro.  O monitoramento acompanha os dados de 40 mil varejistas no Brasil e é feito pela Neogrid, especializada na sincronização da cadeia de suprimentos.  A falta de cervejas nas prateleiras se deve, principalmente, às dificuldades que as empresas enfrentam para comprar embalagens, como vidro para as garrafas e latas. Apesar do alto índice de ruptura, não há, por ora, risco de desabastecimento do produto.