Pular para o conteúdo principal

PÁROCO DE PARNAMIRIM DEFENDE COLEGA QUE OCUPOU AS REDES SOCIAIS NO FIM DE SEMANA E CLAMA: "QUE TRISTE RAÇA DE PADRE É ESSA QUE NÃO TEM NINGUÉM QUE DEFENDA"

 


Foto: São Tomé Informes

Por: Bosco Afonso

Na quinta-feira passada, 2, as redes sociais foram invadidas com vídeos e áudios de episódio entre um padre e um casal envolvidos com práticas sexuais. No dia seguinte às divulgações, a Arquidiocese de Natal simplesmente anunciou o afastamento do padre da Paróquia de Nossa Senhora de Candelária.

Nenhuma só palavra em favor do padre Júlio. Nem da Arquidiocese, nem de nenhum colega que conhecesse a história e defendesse o padre naquele episódio. Todos, impiedosamente, “crucificaram” o padre que transgredira as regras canônicas da Igreja Católica como se ele não fora um ser humano, com virtudes e defeitos.

Ontem, na homilia da Missa do domingo, na Igreja Matriz de Parnamirim, o padre Antônio Murilo de Paiva, conhecido pela sua dedicação pastoral e também pela clareza de sua posição política em favor do Partido dos Trabalhadores, ergueu sua voz em defesa do padre Júlio. Foi o único.

Sobre a propagação do episódio envolvendo o padre Júlio, inicialmente, padre Murilo falou do comportamento de religiosos no século passado. Citou Frei Damião — inclusive dizendo que se fosse ao tempo passado, o frade italiano “já teria organizado o povo e tocado fogo naquela rádio, naquela TV que tem um cara sem futuro que fica falando mal dos padres”. Também comentou o episódio ocorrido no Ceará envolvendo padre que obrigou um jornalista a engolir parte do jornal que publicara, mas alertando que “os tempos eram outros”.

Durante a homilia, padre Murilo registrou que o ato envolvendo o padre Júlio e divulgado no final da semana que passou ocorrera em 2012, há dez anos, e a conversa aconteceu em 2019.

Corajosamente, padre Murilo historiou todo o episódio, falou sobre os direitos canônicos, confirmou que o casal envolvido no episódio atualmente frequenta a igreja sob a direção do padre Júlio e defendeu perdão como ponto principal do envolvimento do colega sacerdote.

Sempre falando do perigo do julgamento das redes sociais, revelando a necessidade de que os padres precisam ter alguém que os defendam — um claro recado à Arquidiocese — o padre Murilo foi enfático ao dizer “que triste raça é essa de padre que não tem ninguém que defenda! Homens que se dão a vida inteira, todo dia e toda a hora e não tem ninguém que nos defenda, nem nós mesmos…Que coisa…Que coisa… Que triste raça é essa que não tem quem nos defenda!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

JUSTIÇA ELEITORAL FISCALIZA CLINICA EM CAICÓ POR SUSPEITA DE COMPRA DE VOTOS; 11 PESSOAS FORAM CONDUZIDAS A DELEGACIA

A Justiça eleitoral realizou nesta segunda-feira(02) uma operação de fiscalização contra supostos crimes eleitorais em uma clinica médica e odontológica localizada na rua Tonheca Dantas nas proximidades da Central do Cidadão no bairro Penedo em Caicó.  Os funcionários da justiça eleitoral receberam denuncias de que a clinica estaria funcionando no domingo a noite e poderia está acontecendo favorecimento politico, mais como não conseguiram fazer a fiscalização naquele momento realizaram na manhã de segunda-feira, feriado de finados.  Ao chegar no local foi constatado a clinica em funcionamento com movimentação de pacientes e ao entrar pediram explicações e foram informados que aproveitaram o feriado para fazer moldagem para posteriormente ser realizado o orçamento do trabalho.  Os servidores da justiça solicitaram apoio da Policia Militar e conduziram até a delegacia para averiguação e prestar depoimentos três pessoas que trabalham na clinica e 8 pacientes que estavam presentes no local

SEXO, DROGAS E MUITO AMOR. VÍDEO DE SOGRA DE PREFEITO DE CAMPINA GRANDE PROVOCA "FRISSON" NA PARAÍBA

Um vídeo onde a sogra do prefeito de Campina Grande, Soraya Brito, aparece em um motel cheirando cocaína explodiu como uma bomba na Paraíba essa manhã. Soraya Brito é a mãe de Juliana Cunha Lima, casada com o prefeito Bruno Cunha Lima (Solidariedade). Bruno Cunha Lima é sobrinho do ex-governador Cássio Cunha Lima, que foi um dos líderes nacionais do PSDB. O ex-senador vai lançar seu filho, o deputado Pedro Cunha Lima (PSDB), como candidato ao governo do Estado. A gravação está sendo muito comentada nas redes sociais, e a hashtag #fofocadecampina é uma das mais citadas na região. Ninguém sabe a autoria do vídeo.

CERVEJA EM FALTA...

Às vésperas das festas de fim de ano, o nível de ruptura da cerveja – índice que monitora a falta de produtos em supermercados brasileiros –, segue em alta. Em novembro, atingiu 19,45%, frente aos 10% registrados no mesmo mês de 2019.  O índice começou a subir em março, no início da quarentena. Nos últimos meses foram registrados 17,64% de ruptura, em setembro, e 18,92% em outubro.  O monitoramento acompanha os dados de 40 mil varejistas no Brasil e é feito pela Neogrid, especializada na sincronização da cadeia de suprimentos.  A falta de cervejas nas prateleiras se deve, principalmente, às dificuldades que as empresas enfrentam para comprar embalagens, como vidro para as garrafas e latas. Apesar do alto índice de ruptura, não há, por ora, risco de desabastecimento do produto.