Pular para o conteúdo principal

2° TURNO TÊM DISPUTA FAMILIAR NO RECIFE


A disputa do segundo turno na capital pernambucana, além de política, também é familiar. Os dois candidatos que pleiteiam a prefeitura são primos. Marília é neta do ex-governador Miguel Arraes, de quem herdou seu interesse pela política. João Campos é filho do ex-governador Eduardo Campos, neto da atual ministra e vice-presidente do Tribunal de Contas da União (TCU) Ana Arraes, e bisneto de Miguel Arraes.

Candidato a prefeito aos 26 anos, João Henrique de Andrade Lima Campos, contou com o maior bloco de partidos aliados neste primeiro turno: a Frente Popular do Recife (PSB, PDT, PV, Rede, Republicanos, PSD, MDB, Avante, Solidariedade, PCdoB, PP e PROS). O socialista tem como candidata ao cargo de vice prefeita, a ex-vereadora e ex-secretária de Habitação do Recife, Isabella de Roldão (PDT).

Campos formou-se em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), em 2016. Paralelo ao curso sempre atuou junto ao PSB. Em 2014 foi nomeado secretário de Organização Estadual do partido. Dois anos depois, em 2016, foi chamado para ser chefe de gabinete do governador Paulo Câmara (PSB).

Em 2018, disputou sua primeira eleição para uma vaga na Câmara dos Deputados, sendo eleito com 460.637 votos, se tornando o deputado federal mais votado da história de Pernambuco. Também em 2018, foi alçado ao posto de vice-presidente Nacional de Relações Federativas do PSB.

Marília Arraes de Alencar, 35 anos, é deputada federal e liderou a coligação Recife Cidade da Gente, formada pelo PT, PSOL, PTC e PMB, e tem como candidato a vice-prefeito José Arnaldo (PSOL), ex-superintendente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

A candidata petista iniciou a sua trajetória política no PSB, mesmo partido de João Campos, no qual filiou-se em 2005. Formada em Direito em 2007 pela Faculdade Direito do Recife (FDR), Marília, em 2008, foi eleita aos 24 anos vereadora do Recife, com 9.533 votos.

Nas eleições de 2012, foi reeleita vereadora com 8.841 votos, mas afastou-se do cargo para assumir a Secretaria de Juventude e Qualificação profissional do Recife, criada em 2013, primeiro ano do governo de Geraldo Julio (PSB). Retornou ao seu mandato em 2014, ano em que começou a apresentar divergências com o PSB. Em 2016, Marília rompeu oficialmente com o PSB e elegeu-se pela terceira vez a uma vaga na Câmara do Recife, com 11.872 votos, pelo PT. Em 2018, ela elegeu-se deputada federal, com 193.108 votos. Foi a única mulher eleita na bancada de Pernambuco para a Câmara dos Deputados.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ADOLESCENTE É BALEADA COM TIRO NA CABEÇA NO MUNICÍPIO DE JUCURUTU (RN) E SEU ESTADO É GRAVISSÍMO

Uma adolescente de 17 anos foi baleada com um tiro na cabeça, no final da tarde desta quinta-feira (02), em Jucurutu. A adolescente, foi socorrida e encaminhada ao Hospital Maternidade Terezinha Lula de Queiroz, no municpio de Jucurutu. Seu estado de saúde é gravissímo. A Polícia Militar prendeu o suspeito pelo crime. Segundo informações da Polícia o homem tentou matar uma outra pessoa, conhecida por "Jó do Ouro" mas os tiros acertaram a adolescente. Adolescente estava no local acompanhada da mãe, quando o homem conhecido como  por "Flavino da Internet", chegou ao local e atirou em direção de "Jó" e acertou na cabeça da jovem.

SEXO, DROGAS E MUITO AMOR. VÍDEO DE SOGRA DE PREFEITO DE CAMPINA GRANDE PROVOCA "FRISSON" NA PARAÍBA

Um vídeo onde a sogra do prefeito de Campina Grande, Soraya Brito, aparece em um motel cheirando cocaína explodiu como uma bomba na Paraíba essa manhã. Soraya Brito é a mãe de Juliana Cunha Lima, casada com o prefeito Bruno Cunha Lima (Solidariedade). Bruno Cunha Lima é sobrinho do ex-governador Cássio Cunha Lima, que foi um dos líderes nacionais do PSDB. O ex-senador vai lançar seu filho, o deputado Pedro Cunha Lima (PSDB), como candidato ao governo do Estado. A gravação está sendo muito comentada nas redes sociais, e a hashtag #fofocadecampina é uma das mais citadas na região. Ninguém sabe a autoria do vídeo.

CAICOENSE É ENCONTRADA SEM VIDA DENTRO DE UM CARRO EM NATAL

A caicoense  Milena Azevedo de Sena Alves, 32 anos, foi achada sem vida dentro de um carro próximo à ponte Newton Navarro, em Natal. Corpo foi removido pelo Itep. A família ainda não esclareceu o que pode ter acontecido com Milena, dada como desaparecida pelos familiares horas antes de seu corpo ter sido localizado. Nas redes sociais uma mensagem com despedida a Milena circula desde as primeiras horas desta terça-feira, 02 de janeiro de 2024. Sepultamento será em Natal. MENSAGEM Infelizmente temos uma notícia muito triste para nós Caicoenses. Milena, que estava desaparecida, foi encontrada sem vida dentro de um veículo próximo à ponte Newton Navarro. Os familiares foram reconhecer o corpo no Itep. Ela era filha de Conceição Azevedo e Dircineu Sena. Conceição foi funcionária do Banco do Brasil de Caicó e Dircineu da CAERN.