Pular para o conteúdo principal

CONFUSÃO: MINISTRO DO GOVERNO BOLSONARO CHAMA COLEGA DE "BANANA DE PIJAMA" E "MARIA FOFOCA"

 O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, usou as redes sociais para disparar críticas contra o ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, chamando-o de “banana de pijama” e “maria fofoca”.

“Tenho enorme respeito pela instituição militar. Como em qualquer lugar, infelizmente, há sempre uma maçã podre a contaminar os demais. Fonte de fofoca, de intriga, de conspiração e da discórdia. O problema é a banana de pijama”, escreveu inicialmente Salles em sua conta pessoal no twitter.

Alguns minutos depois, a postagem foi apagada e substituída por outro texto em que o ministro deixou mais claro a quem endereçava os ataques. “Não estiquei a corda com ninguém. Tenho enorme respeito e apreço pela instituição militar. Atuo da forma que entendo correto. Chega dessa postura de maria fofoca”, afirmou na segunda publicação, com a marcação do nome do ministro Luiz Eduardo Ramos.

Procurado pela CNN agora à noite, Salles confirmou que chamou Ramos de banana. Já o ministro da secretaria de governo não se manifestou à coluna. Aliados dizem que ele vai ignorar as publicações e aguardar reuniões no Planalto nesta sexta-feira (23).

Os dois vivem em conflito nos bastidores do Planalto, em que Salles tem a gestão sobre as queimadas na Amazônia e no Pantanal colocada em xeque. O ministro do Meio Ambiente atribui essas críticas a Ramos.

Nesta quinta-feira (22), pegou muito mal a informação de que o Ibama determinou que as brigadas de incêndios florestais interrompessem os trabalhos em todo o país, por falta de recursos. Para aplacar a crise, o vice presidente da República, Hamilton Mourão, que é presidente do Conselho da Amazônia, anunciou a liberação de verbas.

Nesta sexta, Mourão recebe uma delegação de representantes de países europeus para tratar do panorama das questões ambientais na Amazônia.

CNN BRASIL

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ADOLESCENTE É BALEADA COM TIRO NA CABEÇA NO MUNICÍPIO DE JUCURUTU (RN) E SEU ESTADO É GRAVISSÍMO

Uma adolescente de 17 anos foi baleada com um tiro na cabeça, no final da tarde desta quinta-feira (02), em Jucurutu. A adolescente, foi socorrida e encaminhada ao Hospital Maternidade Terezinha Lula de Queiroz, no municpio de Jucurutu. Seu estado de saúde é gravissímo. A Polícia Militar prendeu o suspeito pelo crime. Segundo informações da Polícia o homem tentou matar uma outra pessoa, conhecida por "Jó do Ouro" mas os tiros acertaram a adolescente. Adolescente estava no local acompanhada da mãe, quando o homem conhecido como  por "Flavino da Internet", chegou ao local e atirou em direção de "Jó" e acertou na cabeça da jovem.

SEXO, DROGAS E MUITO AMOR. VÍDEO DE SOGRA DE PREFEITO DE CAMPINA GRANDE PROVOCA "FRISSON" NA PARAÍBA

Um vídeo onde a sogra do prefeito de Campina Grande, Soraya Brito, aparece em um motel cheirando cocaína explodiu como uma bomba na Paraíba essa manhã. Soraya Brito é a mãe de Juliana Cunha Lima, casada com o prefeito Bruno Cunha Lima (Solidariedade). Bruno Cunha Lima é sobrinho do ex-governador Cássio Cunha Lima, que foi um dos líderes nacionais do PSDB. O ex-senador vai lançar seu filho, o deputado Pedro Cunha Lima (PSDB), como candidato ao governo do Estado. A gravação está sendo muito comentada nas redes sociais, e a hashtag #fofocadecampina é uma das mais citadas na região. Ninguém sabe a autoria do vídeo.

CAICOENSE É ENCONTRADA SEM VIDA DENTRO DE UM CARRO EM NATAL

A caicoense  Milena Azevedo de Sena Alves, 32 anos, foi achada sem vida dentro de um carro próximo à ponte Newton Navarro, em Natal. Corpo foi removido pelo Itep. A família ainda não esclareceu o que pode ter acontecido com Milena, dada como desaparecida pelos familiares horas antes de seu corpo ter sido localizado. Nas redes sociais uma mensagem com despedida a Milena circula desde as primeiras horas desta terça-feira, 02 de janeiro de 2024. Sepultamento será em Natal. MENSAGEM Infelizmente temos uma notícia muito triste para nós Caicoenses. Milena, que estava desaparecida, foi encontrada sem vida dentro de um veículo próximo à ponte Newton Navarro. Os familiares foram reconhecer o corpo no Itep. Ela era filha de Conceição Azevedo e Dircineu Sena. Conceição foi funcionária do Banco do Brasil de Caicó e Dircineu da CAERN.