Pular para o conteúdo principal

O MUNDO É UMA FOFOCA...

 Para começar, deu no Portal da 96 FM...


FacebookTelegram

Sorrateiramente, de forma meio constrangida, uma fofoca vem tomando conta das classes mais altas de Natal: a história de um suposto relógio da marca Rolex que teria sido dado a um personal trainer. Na terça (21), o assunto foi introduzido ao rádio e no Youtube pelos ouvintes e telespectadores do Meio Dia RN, com o BG (veja o vídeo acima). 

Ontem (22), o assunto foi abordado no blog de Gustavo Negreiros e pela coluna de Thiago Cavalcanti, da Tribuna do Norte. "O burburinho nas academias de Natal é a história do aluno que deu ao Personal um relógio Rolex de R$ 55 mil de presente de Natal. O professor é famoso na cidade, o aluno cheio de dinheiro e amor. Muita gente especulando que o aluno está apaixonado pelo mestre, mas pode ser carinho mesmo", apontou o texto de Gustavo. 

"Agora, vários personais estão a espera de presentes. Não venham com chocolates ou vinhos, tem uns que não aceitem nada por menos de R$ 1 mil. O aluno romântico e amoroso inflacionou o mercado, colocou gosto ruim na boca de todo mundo. O pior, o presente não derreteu o coração do professor. Vai ser vendido e complementado para trocar o carro", ironizou Gustavo.  

É isso. Se você esperava encontrar algum nome aqui, fique ciente que a redação da 96 FM não conhece ninguém que tenha Rolex. Muito menos que tenha condição de dar um para um personal. 

Em Caicó...

Deu no Blog de Jair Sampaio


Um suposto flagrante em um motel na cidade de Caicó congestionou as redes sociais e as rodas de fofoca na região. “Caicó parou”, disse uma internauta. Não se fala de outra coisa: segundo o que corre na "boca maldita",  uma influencer de São José do Seridó foi flagrada pelo marido enquanto fazia saliências com seu jovem amante.

Após a ampla divulgação do fato, a influencer postou vídeos comemorando estar ganhando muitos seguidores. Parece que ser seguida pelo marido até o motel lhe rendeu algumas centenas de novos seguidores.

Vida que segue, e  "Viva Deus e morra o Diabo".

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SEXO, DROGAS E MUITO AMOR. VÍDEO DE SOGRA DE PREFEITO DE CAMPINA GRANDE PROVOCA "FRISSON" NA PARAÍBA

Um vídeo onde a sogra do prefeito de Campina Grande, Soraya Brito, aparece em um motel cheirando cocaína explodiu como uma bomba na Paraíba essa manhã. Soraya Brito é a mãe de Juliana Cunha Lima, casada com o prefeito Bruno Cunha Lima (Solidariedade). Bruno Cunha Lima é sobrinho do ex-governador Cássio Cunha Lima, que foi um dos líderes nacionais do PSDB. O ex-senador vai lançar seu filho, o deputado Pedro Cunha Lima (PSDB), como candidato ao governo do Estado. A gravação está sendo muito comentada nas redes sociais, e a hashtag #fofocadecampina é uma das mais citadas na região. Ninguém sabe a autoria do vídeo.

JUSTIÇA ELEITORAL FISCALIZA CLINICA EM CAICÓ POR SUSPEITA DE COMPRA DE VOTOS; 11 PESSOAS FORAM CONDUZIDAS A DELEGACIA

A Justiça eleitoral realizou nesta segunda-feira(02) uma operação de fiscalização contra supostos crimes eleitorais em uma clinica médica e odontológica localizada na rua Tonheca Dantas nas proximidades da Central do Cidadão no bairro Penedo em Caicó.  Os funcionários da justiça eleitoral receberam denuncias de que a clinica estaria funcionando no domingo a noite e poderia está acontecendo favorecimento politico, mais como não conseguiram fazer a fiscalização naquele momento realizaram na manhã de segunda-feira, feriado de finados.  Ao chegar no local foi constatado a clinica em funcionamento com movimentação de pacientes e ao entrar pediram explicações e foram informados que aproveitaram o feriado para fazer moldagem para posteriormente ser realizado o orçamento do trabalho.  Os servidores da justiça solicitaram apoio da Policia Militar e conduziram até a delegacia para averiguação e prestar depoimentos três pessoas que trabalham na clinica e 8 pacientes que estavam presentes no local

CERVEJA EM FALTA...

Às vésperas das festas de fim de ano, o nível de ruptura da cerveja – índice que monitora a falta de produtos em supermercados brasileiros –, segue em alta. Em novembro, atingiu 19,45%, frente aos 10% registrados no mesmo mês de 2019.  O índice começou a subir em março, no início da quarentena. Nos últimos meses foram registrados 17,64% de ruptura, em setembro, e 18,92% em outubro.  O monitoramento acompanha os dados de 40 mil varejistas no Brasil e é feito pela Neogrid, especializada na sincronização da cadeia de suprimentos.  A falta de cervejas nas prateleiras se deve, principalmente, às dificuldades que as empresas enfrentam para comprar embalagens, como vidro para as garrafas e latas. Apesar do alto índice de ruptura, não há, por ora, risco de desabastecimento do produto.